Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnica lamenta Jade fora de Jogos, mas endossa corte

Por Paulo Favero e Wilson Baldini Jr

Londres – A técnica da seleção brasileira de ginástica, Iryna Ilyashenko, afirmou neste sábado, na Vila Olímpica de Londres, que lamenta a ausência de Jade Barbosa do grupo que disputará a Olimpíada, que começa no próximo dia 27. A treinadora, porém, ressaltou que considerou justo o corte da ginasta da seleção nacional, depois de a mesma ter sido convocada anteriormente para disputar os Jogos.

Jade acabou sendo cortada depois não atender à convocação para reunião da equipe para um período de treinos no Rio. Segundo informações da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), a atleta não justificou a ausência, mas vinha tendo conflitos com a entidade por se recusar a usar uniformes com marcas as quais não tivesse patrocínio individual.

“Acho uma pena e uma perda para a nossa equipe, mas o conflito foi criado e não deu para ela (Jade) integrar o grupo. Queria, do fundo do coração, que ela continuasse (com a seleção de ginástica), só que ela não cumpriu todas as exigências que foram colocadas para todas as atletas”, afirmou Iryna Ilyashenko.

Na véspera da convocação definitiva para a Olimpíada, Jade chegou a fazer um emocionado pedido para ser incluída novamente na seleção, mas de nada adiantou a sua atitude. Ao falar sobre a situação da sua parceira de equipe nacional, Daiane dos Santos evitou polemizar sobre o assunto neste sábado em Londres.

“Tudo que tinha de falar sobre a Jade já foi dito. As atletas que estão aqui merecem estar onde estão. Todas batalharam muito por isso”, afirmou Daiane, focando a participação das ginastas que estão em Londres para defender o Brasil.