Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tcheco se aposenta dos gramados e assume função executiva no Coxa

Após anunciar a sua aposentadoria dos gramados no início da semana, o meia Tcheco concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira em conjunto com os dirigentes do Coritiba. O jogador falou sobre a sua trajetória no clube paranaense e contou quais são os seus planos para o futuro.

‘A parte mais difícil para um jogador não é a perda de um título nem de uma partida, e sim a finalizar a carreira. Estou muito bem fisicamente. Mas a dor é mais forte, demora a passar. O corpo dá sinais avisando que chegou a hora’, declarou.

Revelado nas categorias de base do Paraná Clube, Tcheco se transferiu para o Coxa em 2002, clube em que conquistou projeção na nacional e que culminou em sua negociação com o All Ittihad, da Arábia. O retorno ao Alto da Glória aconteceu em 2010, ainda por empréstimo do Corinthians, mas em seguida foi negociado em definitivo.

‘Fico feliz de ter retornado ao Coritiba e ter contribuído de alguma maneira. Ajudei na Série B de 2010, conquistei um tricampeonato estadual que não acontecia há quase 40 anos. Me sinto útil em ter ajudado nesse resgate orgulho de ser coxa-branca’, disse Tcheco.

Em 141 jogos com a camisa alviverde, o meia balançou as redes adversárias em 20 oportunidades. Pelo Coxa, Tcheco ajudou a equipe na conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro, em 2010, e conquistou três vezes o Campeonato Paranaense. Aos 36 anos, o jogador decidiu se aposentar, mas ainda permanecerá ligado ao Coritiba.

‘Passa um filme na cabeça de tudo que já vivi no futebol. Confesso que está sendo uma decisão difícil. Para chegar até o Couto hoje, no anúncio da coletiva, não foi fácil. Realmente muitas coisas ficam na memória’, desabafou.

Após pendurar as chuteiras, Tcheco exercerá funções executivas ligadas à diretoria do Coritiba. Uma das principais atribuições do ex-jogador será atuar no controle de transição de atletas das categorias de base até chegar ao profissional do clube.