Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tcheco afirma: nós também temos forças para surpreendê-los

Tcheco, experiente meia do Coritiba, deu a receita que o time precisa para se classificar à próxima fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Coxa visita o Paysandu, no Estádio Mangueirão, em Belém (PA), pelo jogo de volta das oitavas de final. Em Curitiba (PR), o Alviverde goleou por 4 a 1, garantindo a vantagem de poder perder por até dois gols de diferença.

‘O primeiro passo é não ter um relaxamento natural. É tentar entrar com brio nos olhos, bastante determinação e, em se falando da parte estratégica, eu acho que o primeiro tempo é fundamental, justamente porque eles vão ficar com todas as forças desde o início do jogo. A gente tem que ter cautela e esfriar o jogo quando for preciso. Eu acho que se eles fizerem 1 a 0 no primeiro tempo, pode dar uma motivação para o segundo. A gente vai ter uma boa força no contra-ataque. Nós também temos nossas forças para surpreendê-los’, afirmou Tcheco.

Desde 2010 no Coritiba, Tcheco também aproveitou para destacar que a ‘concentrada’ equipe já está ‘acostumada’ com a pressão. ‘Os jogadores do Coritiba já estão habituados com estádios cheios e grandes jogos. É lógico que o Paysandu vai vir com uma motivação muito maior pelo placar que nós adquirimos lá e tentar fazer um jogo que entre para a história deles, mas a gente está bem concentrado e, com todo o respeito que nós temos pelo Paysandu, nós vamos tentar fazer um bom jogo também para sairmos daqui com a classificação, independente se vai ser com vitória ou derrota’, finalizou o meia.