Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tandara, do vôlei, é suspensa por suspeita de doping e está fora dos Jogos

Em nota, COB diz ter sido notificado quanto a uma suspensão provisória por "potencial violação de regra antidopagem" em Saquarema

Por Da Redação Atualizado em 6 ago 2021, 00h30 - Publicado em 5 ago 2021, 22h56

Horas antes da semifinal do vôlei feminino dos Jogos de Tóquio diante da Coreia do Sul, a seleção brasileira anunciou um importante desfalque: a oposta Tandara Caixeta recebeu uma “suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem” e retornará ao Brasil, informou na noite desta quinta-feira, 5, o Comitê Olímpico do Brasil (COB), em nota.

A entidade não revelou qual foi o tipo de violação, nem qual substância proibida foi encontrada. Informou apenas que recebeu uma notificação relacionada a um exame feito ainda no Brasil, em julho. 

  • “O Comitê Olímpico do Brasil recebeu nesta madrugada no Japão, através da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a notificação quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela atleta Tandara Caixeta, da seleção feminina de voleibol. O teste foi realizado no período fora de competição no centro de treinamento da modalidade em Saquarema no dia 7 de julho. Tandara retornará ao Brasil.”, disse o COB, em nota.

    A assessoria de imprensa da atleta informou que “Tandara Caixeta está trabalhando em sua defesa e só se manifestará após a conclusão do caso”. Sem uma de suas principais jogadoras, o Brasil disputará a semifinal dos Jogos Olímpicos contra a Coréia do Sul às 9h (de Brasília) de sexta-feira, 6.

    Continua após a publicidade
    Publicidade