Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Talita e Maria Elisa disputam título contra chinesas em Brasília

O título do Circuito Mundial de vôlei de praia, disputado em Brasília (DF), vai ficar no Brasil ou vai rumar para a China. Na próxima sexta-feira, às 10h45, Talita e Maria Elisa vão duelar contra Chen Xue e Zhang Xi em busca do caneco.

Para assegurar a vaga na final, a dupla do Brasil precisou de apenas um jogo, contra as italianas Cicolari e Menegatti. Talita e Maria Elisa venceram por 2 sets a 1, com parciais de 20/22, 21/18 e 15/11.

Talita/Maria Elisa e Chen Xue/Zhang Xi já se encontraram em 18 oportunidades durante competições internacionais, com vantagem chinesa de 11 vitórias a sete. Para se classificar, a dupla da China precisou bater as também brasileiras Juliana e Larissa por 2 sets a 1, com parciais de 21/17, 16/21 e 17/15.

Ressaltando a qualidade das rivais asiáticas, Talita espera fazer uma boa final. ‘A dupla da China é muito forte e vem fazendo um torneio muito bom. Espero um jogo muito difícil, como sempre acontece quando as enfrentamos. Vamos entrar concentradas e tentar manter o que fizemos em todo o torneio para ficar com o título’, contou a companheira de Maria Elisa.

Já Xue dedicou o triunfo à sua companheira Zhang Xi. ‘Esta vitória significa muito para nós. Estamos nos preparando muito para os Jogos Olímpicos e conseguimos ter boas atuações aqui no Brasil. Larissa e Juliana jogaram duas partidas antes de nos enfrentarem e isso pode ter pesado no jogo. Vamos jogar contra outra ótima dupla na decisão, mas estamos preparadas. Hoje é aniversário da minha parceira e esta vitória é um presente para ela’, afirmou a chinesa.

Antes de caírem para a dupla finalista, Juliana e Larissa haviam vencido duas partidas na repescagem. Na primeira partida, eliminaram as holandesas Meppelink e Van Gestel com 2 sets a 0 (21/13 e 21/14). O jogo foi especial por marcar a milésima vitória da carreira de Juliana. Logo depois, foi a vez de as norte-americanas Walsh e May dizerem adeus, perdendo por 2 sets a 1 (21/13, 24/26 e 15/13).

‘Perder nunca é bom, mas aconteceu na hora certa. Já passamos por esta situação outras vezes e sempre soubemos tirar as melhores lições. Vamos buscar o pódio contra as italianas’, promete Larissa.

Juliana e Larissa disputam a medalha de bronze contra Cicolari e Menegatti, também na sexta, às 9h30.