Clique e assine com até 92% de desconto

Suspensão pode tirar Neymar do início das Eliminatórias

Se o Brasil cair precocemente na Copa América, jogador vai cumprir o resto da punição imposta pela Conmebol no torneio classificatório para o Mundial de 2018

Por Da Redação 24 jun 2015, 01h02

A Fifa informou à Conmebol na tarde desta terça-feira que a pena de quatro jogos imposta ao atacante Neymar por causa da expulsão no jogo contra a Colômbia precisa ser cumprida nos próximos jogos oficiais da seleção brasileira. Isso significa que, caso a seleção brasileira seja eliminada nas quartas de final da Copa América, o atacante terá que cumprir dois jogos de gancho nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

LEIA TAMBÉM:

Neymar nega ter xingado árbitro: ‘Não aconteceu nada’

Neymar diz que deixa seleção ‘para não atrapalhar’

Por enquanto, Neymar já cumpriu um dos jogos da pena, contra a Venezuela. O segundo será contra o Paraguai, no próximo sábado. Se avançar à semifinal, a seleção fará outros dois jogos na Copa América, uma vez que a competição tem decisão de terceiro lugar. Assim, Neymar sairia do Chile com a punição cumprida.

O posicionamento da Fifa elimina a dúvida se a punição seria válida apenas para torneios da Conmebol ou se também teria efeito em outras partidas oficiais. Após receber o documento, a confederação sul-americana enviou uma circular às federações nacionais. O documento foi encaminhado à CBF, que confirmou o recebimento e o enviou para o departamento jurídico. A nova determinação, no entanto, não permite que a CBF recorra da punição de quatro jogos, pois o prazo do Tribunal já terminou.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade