Clique e assine com até 92% de desconto

Surto de coronavírus faz COI cancelar Pré-Olímpico de boxe

Competição aconteceria entre 3 e 14 de fevereiro em Wuhan, na China, justamente a cidade onde especialistas acreditam que o vírus se iniciou

Por Da Redação Atualizado em 23 jan 2020, 14h52 - Publicado em 23 jan 2020, 14h09

O surto de coronavírus, doença respiratória que já causou a morte de 17 pessoas e infectou mais de 600 na Ásia, trouxe suas primeiras consequências esportivas. O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu cancelar o primeiro Pré-Olímpico de boxe da Ásia e Oceania para a Olimpíada de Tóquio-2020, que aconteceria entre os dias 3 e 14 de fevereiro na cidade de Wuhan, na China, justamente onde especialistas acreditam que o vírus se iniciou.

O boxe chegou a ter sua participação nos Jogos ameaçada pelo presidente do Comitê Olímpico, Thomas Bach, devido a uma série de denúncias de corrupção e manipulação de resultados por parte da Associação Internacional de Boxe (Aiba). O COI, porém, criou uma força-tarefa para organizar o torneio olímpico da modalidade.

  • “A Força-Tarefa de boxe do COI tomou conhecimento da decisão de hoje do Comitê Organizador Local de cancelar o evento de qualificação para boxe na Ásia/Oceania em Tóquio-2020, que deveria ocorrer em Wuhan (CHN), de 3 a 14 de fevereiro de 2020, em meio a preocupações crescentes em relação ao surto de coronavírus relatado na cidade”, afirmou o grupo em comunicado.

    A nova data e local do pré-olímpico não foram confirmados. O primeiro evento pré-olímpico do boxe deve ser o da África, com sede em Dacar, no Senegal, entre 20 e 29 de fevereiro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade