Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Surfe: Medina, Mineirinho e Toledo perdem e vão para a repescagem em Jeffreys Bay

Nenhum dos nove brasileiros da competição avançou diretamente na etapa da África do Sul

Por Da Redação 10 jul 2015, 11h16

O início da etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul, do Circuito Mundial de Surfe (WCT) não poderia ter sido pior para os surfistas brasileiros. Os nove representantes do país, incluindo o campeão de 2014, Gabriel Medina, e os líderes desta temporada, Adriano de Souza, o Mineirinho, e Filipe Toledo, foram derrotados em suas baterias e terão que disputar a repescagem para seguir na disputa.

Leia também:

Surfe: com duas notas 10, Owen Wright é campeão em Fiji; brasileiros seguem na liderança

Filipe Toledo: o caçula do surfe quer o título

Medina é eliminado na terceira fase por australiano em Fiji

Em baterias com três competidores, apenas o vencedor avançaria diretamente à terceira fase, enquanto os outros dois competidores seriam mandados para a repescagem. Na segunda bateria, Alejo Muniz (com nota 12,27) e Miguel Pupo (5,60) foram dominados pelo australiano Julian Wilson (13,93). Na quarta bateria, Filipe Toledo (5,33), atual vice-líder do campeonato, ficou em último na bateria com o americano Dane Reynolds (13,33) e com o australiano Adam Melling (7,00).

Contra o australiano Mick Fanning (15,67) e o sul-africano Michael February (11,33), Thiago Hermes (7,66) também não conseguiu avançar, na quinta bateria. Logo em seguida, Mineirinho (13,24), líder do Mundial, caiu diante do americano Kolohe Andino (14,03) e do sul-africano Slade Prestwich (10,33). Na nona bateria, Wiggolly Dantas (8,87) perdeu para o australiano Adrian Buchan (12,60) e para o americano Nat Young (10,00). Na sequência, Jadson André (14,60) e Ítalo Ferreira (10,53) foram batidos pelo havaiano Fred Patacchia Jr. (14,90).

O Brasil teve sua última oportunidade de avançar na 12ª bateria da etapa, mas Gabriel Medina (9,00), não conseguiu superar o havaiano Keanu Asing (13,93) e o australiano Joel Parkinson (13,27). O astro americano Kelly Slater, onze vezes campeão, teve o melhor desempenho do dia, com 17,00 pontos. A próxima chamada acontecerá na madrugada deste sábado, às 2h30 (horário de Brasília).

(com Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade