Clique e assine com até 92% de desconto

Surfe: Italo Ferreira e Gabriel Medina se classificam para Tóquio-2020

Com a eliminação de Filipe Toledo da etapa de Pipeline, os dois surfistas serão os representantes brasileiros na primeira competição olímpica da história

Por Da Redação Atualizado em 11 dez 2019, 20h17 - Publicado em 11 dez 2019, 19h36

Os brasileiros Italo Ferreira e Gabriel Medina garantiram nesta quarta-feira 11, as duas vagas do país na primeira competição de surfe da história dos Jogos Olímpicos, em julho do ano que vem. A dupla avançou para as oitavas-de-final da última etapa do circuito mundial de surfe, em Pipeline, no Havaí, e não pode mais ser ultrapassada por nenhum outro atleta do Brasil.

Ferreira e Medina lideram o ranking mundial – o potiguar está na frente do paulista bicampeão do mundo – e disputavam as vagas para Tóquio-2020 com outro brasileiro, Filipe Toledo, quarto no ranking, já que o país pode classificar no máximo dois atletas homens pelo circuito mundial da World Surfing League, a WSL. Como Toledo foi eliminado nesta quarta, na terceira fase da competição, ele não conseguirá mais alcançar os compatriotas.

Gabriel Medina é um especialista das ondas de Pipeline, no Havaí Koji Hirano/Getty Images

Ítalo Ferreira venceu sua bateria contra outro brasileiro, Jadson André, e passou para as oitavas-de-final da etapa havaiana. Já Medina bateu o surfista local Imaikalani deVault, e segue na briga com Italo pelo título mundial.

O potiguar Italo Ferreira é o líder do circuito mundial de surfe Kelly Cestarii/WSL/Getty Images

(com Agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade