Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Superior em campo, Real vence Barcelona e se aproxima do título

Por Da Redação 21 abr 2012, 17h06

O Barcelona poderia ter mudado o rumo do Campeonato Espanhol desta temporada no clássico com o Real Madrid, disputado na tarde deste sábado no ‘Camp Nou’. No entanto, a equipe merengue surpreendeu os donos da casa, venceu a partida por 2 a 1 e se consolidou na liderança da competição, agora com 88 pontos, sete à frente do Barça, segundo colocado.

Após abrir o placar, aos 16 minutos do primeiro tempo, o Real recuou e diminuiu o ritmo do jogo. A apatia dentro de campo permaneceu até os 25 minutos da segunda etapa, quando Alexis Sanchez empatou o placar para o Barça. Mas a torcida que compareceu ao ‘Camp Nou’não teve tempo de comemorar, já que o artilheiro Cristiano Ronaldo recolocou o Real à frente no minuto seguinte, marcando o seu 42gol no Espanhol.

A diferença de pontos entre as duas principais equipes da Espanha, que parecem disputar um campeonato à parte dos outros clubes do país, chegou a ser de dez pontos durante a temporada, mas acabou caindo para quatro nas últimas rodadas, reanimando os catalães na busca pelo título.

Restando quatro rodadas para o encerramento da competição, no próximo domingo o Real Madrid enfrenta em casa o Sevilla enquanto o Barça vai ao estádio Teresa Rivero enfrentar o Rayo Vallecano.

O JOGO: O primeiro tempo da partida disputada no ‘Camp Nou ‘começou agitado, com as duas equipes indo pra cima e tentando alcançar o gol adversário. A chance mais clara dos donos da casa aconteceu com Iniesta, que finalizou de calcanhar e a bola passou ao lado do gol.

Continua após a publicidade

No entanto, quem conseguiu converter primeiro foram os visitantes, com Khedira aos 16 minutos do primeiro tempo, em uma jogada muito contestada devido à posição do alemão. No lance, Khedira cabeceou para o chão, dentro do gol, próximo à segunda trave. O goleiro Valdés espalmou, mas não conseguiu salvar o gol do Real Madrid.

Com as jogadas centradas no meio-de-campo, a ritmo da partida diminuiu. O esquema montado pelo técnico José Mourinho foi eficiente e Messi teve dificuldades para se movimentar dentro de campo.

No retorno do intervalo, a partida continuou morna, da mesma forma como o primeiro tempo havia se encerrado. Aos 23 minutos, Guardiola fez a primeira alteração do Barcelona no jogo: colocou o atacante Aléxis Sanchez no lugar do meia Xavi. Apesar de ousada, a substituição surtiu o resultado esperado.

Três minutos depois de entrar em campo, o chileno recebeu assistência de Adriano, após chute de Tello espalmado por Cassilas, empurrou a bola para a rede e empatou o jogo para o Barça. No entanto, a torcida ‘culé ‘nem teve tempo para comemorar, já que um minuto depois o artilheiro Cristiano Ronaldo, em rápido contra-ataque, deixou a equipe de Madrid novamente à frente.

Os vinte minutos finais foram os mais disputados da partida. O Barcelona não se abateu com o segundo gol do Real e continuou correndo bastante para tentar, embora sem eficiência, igualar novamente o marcador. Com calma, a equipe comandada por Mourinho conseguiu administrar o resultado e terminou a partida com a importante vitória, por 2 a 1.

Continua após a publicidade
Publicidade