Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Subestimamos o Brasil, reconhece técnico mexicano

Por Da Redação 12 out 2011, 07h28

A derrota de virada diante do Brasil em casa irá gerar um processo de reflexão no México. O técnico José Manuel de la Torre não gostou da queda de rendimento da equipe principalmente no segundo tempo, quando o país tinha o placar favorável e um a mais em campo em relação ao rival. A equipe da América do Norte teve todas as condições de sair de campo com um resultado positivo.

‘Creio que subestimamos um pouco o nosso adversário, não fomos tão intensos quanto deveríamos’, explicou o treinador, sem esconder a decepção.

Antes do empate do Brasil aos 34 minutos do segundo tempo, através de uma cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho, o México criou oportunidades claras para aumentar a diferença no marcador. O meio-campista Guardado chegou a desperdiçar uma cobrança de pênalti no fim do primeiro tempo. Já o atacante ‘Chicharito’ Hernández perdeu um gol na pequena área na etapa complementar.

‘São situações que custam um resultado, nós falhamos, não podemos dar esse tipo de vantagem um rival com grande qualidade’, comentou José Manuel de la Torre.

Nesta terça-feira, o México amargou o fim de uma invencibilidade de 14 partidas. Agora, o país irá se concentrar no início da preparação para cumprir o seu favoritismo nas Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo de 2014. ‘Devemos pensar no que vem adiante’, encerrou José Manuel de la Torre.

Continua após a publicidade

Publicidade