Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sub-20: Brasil passeia contra Senegal e está na final

Seleção goleia por 5 a 0 e vai enfrentar a Sérvia na decisão do Mundial da categoria

A seleção sub-20 do Brasil não tomou conhecimento do Senegal e goleou por 5 a 0 na semifinal do Mundial da categoria, na madrugada desta quarta-feira, na Nova Zelândia. Depois de duas classificações suadas nos pênaltis, nas oitavas e nas quartas de final, o Brasil passeou em campo e venceu a seleção africana em ritmo de treino. Marcos Guilherme, duas vezes, Boschilia, Jorge e Correa, contra, marcaram os gols. O adversário da final será a Sérvia, que venceu Mali por 2 a 1 também nesta quarta. A decisão acontece na madrugada de sexta para sábado. A equipe brasileira busca o sexto título no torneio.

LEIA TAMBÉM:

Brasil vence Uruguai nos pênaltis e avança no Mundial sub-20

O jogo – Mostrando um futebol vistoso, de toques rápidos e tabelas, o Brasil construiu a goleada ainda no primeiro tempo. Logo aos 4 minutos, João Pedro costurou pela direita e cruzou rasteiro. A bola bateu no zagueiro senegalês Correa e entrou. Dois minutos depois, Gabriel Jesus puxou o contra-ataque e rolou para Marcos Guilherme chutar forte e marcar o gol. Mesmo com a vantagem, a seleção não diminuiu o ritmo: após tabela entre Jean Carlos e Marcos Guilherme, a bola sobrou limpa para Boschilia finalizar da marca de pênalti. Em apenas 18 minutos, o Brasil já vencia por 3 a 0 e praticamente carimbava a vaga para a final.

A goleada se concretizou com um belo gol. O lateral Jorge recebeu na intermediária, cortou dois marcadores e tocou com categoria na saída do goleiro. A tarefa do Brasil ficou ainda mais fácil com a expulsão do zagueiro Cissé, do Senegal, que recebeu o segundo amarelo no final do primeiro tempo.

Com quatro gols de vantagem no placar e tendo disputado duas prorrogações nos últimos dias – contra Uruguai e Portugal – a seleção diminuiu o ritmo na segunda etapa e se poupou para a decisão. Sem forças para tentar qualquer reação e com um a menos, Senegal também ameaçou muito pouco o gol brasileiro. Mesmo assim, o Brasil ainda marcou mais um: Boschilia recebeu livre dentro da área aos 31 minutos e, solidário, tocou para Marcos Guilherme completar para o gol vazio. No final da partida, Senegal teve sua melhor chance de marcar o gol de honra, mas Wadji tirou muito do goleiro e a bola foi para fora.

(Da redação)