Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suárez pede desculpas por se negar a cumprimentar Evra

O uruguaio do Liverpool, Luis Suárez, pediu desculpas neste domingo por se negar a cumprimentar o francês Patrice Evra, do Manchester United, antes da partida disputada no sábado no Old Trafford e que terminou com vitória do Manchester por 2-1.

Suárez havia sido duramente criticado por tirar a mão ao passar em frente a Evra na tradicional saudação prévia à partida, quando se encontrou pela primeira vez cara a cara com o capitão do Manchester United após proferir insultos racistas na partida de ida da liga inglesa em outubro. O jogador havia sido punido pelo ato com oito partidas de reclusão e uma multa de 48.000 euros.

Suárez pediu desculpas mediante um comunicado emitido pelo Liverpool no qual admitia que seu comportamento havia manchado a reputação de seu clube.

“Falei com o treinador (Kenny Dalglish) sobre a partida de Old Trafford e me dei conta de que agi mal”, explica Suárez. “Sei o que representa o clube e sinto por tê-lo decepcionado. Cometi um erro e me arrependo do que houve”, disse o uruguaio.

“Eu deveria ter estendido a mão a Patrice (Evra) e quero pedir desculpas por minhas ações”, disse Suárez, que manifestou sua intenção de virar essa página de sua história. “Quero deixar tudo isso para trás e me concentrar no futebol”, concluiu Suárez.