Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suárez pede desculpas e promete não morder mais

Atacante uruguaio emitiu comunicado assumindo a dentada em Chiellini

O atacante uruguaio Luis Suárez admitiu que realmente mordeu o zagueiro italiano Giorgio Chiellini, na partida contra a Itália, o que lhe causou suspensão de nove jogos e banimento do futebol por quatro meses. Suárez emitiu comunicado no qual perde perdão a Chiellini e promete não morder mais ninguém. “Depois de uns dias em casa com minha família, tive a oportunidade de recuperar a tranquilidade e refletir sobre o que aconteceu na partida Itália x Uruguai, em 24 de junho de 2014. Independente das polêmicas e declarações contraditórias desses dias, todas elas sem querer interferir no bem-estar da minha seleção, é certo que meu companheiro de profissão, Giorgio Chiellini, sofreu no lance que teve comigo as consequências de uma mordida. Por isso eu me arrependo profundamente e peço perdão a Giorgio Chiellini e a toda família do futebol. Me comprometo publicamente que nunca mais acontecerá um incidente como esse com minha participação”, escreveu em seu site e em seu perfil no Twitter.

Leia também:

Mujica insulta dirigentes da Fifa por punição a Suárez

Zagueiro diz que punição a Suárez foi excessiva

Após punição, Suárez deixa o Brasil e volta ao Uruguai

Suárez chora ao deixar a concentração do Uruguai

Esta foi a terceira vez que Suárez mordeu um adversário. Em novembro de 2010, quando jogava pelo Ajax, da Holanda, atacou um jogador do PSV, e foi punido com sete jogos de suspensão. Em abril de 2013, pelo Liverpool, da Inglaterra, outra mordida, desta vez no sérvio Branislav Ivanovic, do Chelsea – pelo ato, foi afastado por dez jogos.

Leia também:

Luis Suárez: o craque das reações intempestivas

Eliminação italiana tem mordida, protestos e demissão

“Mordida” do uruguaio Suárez ganha versões na internet

​Vídeo: Assista à mordida de Suárez

Por causa de sua punição, várias pessoas saíram em defesa do atleta, incluindo o presidente uruguaio Jose Mujica e o próprio Giorgio Chiellini, que considerou a pena muito severa.

Pouco depois da postagem de Suárez, Chiellini publicou em seu Twitter: “Está tudo esquecido, Luis Suárez. Espero que a Fifa reduza sua punição”.

Mis disculpas @chiellini pic.twitter.com/kMtGJHlId9

– Luis Suarez (@luis16suarez) 30 junho 2014

.@luis16suarez It’s all forgotten. I hope FIFA will reduce your suspension.

– Giorgio Chiellini (@chiellini) 30 junho 2014

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta