Suárez faz gesto obsceno e chilenos cobram punição

Atacante uruguaio perdeu um pênalti na derrota para o Chile e respondeu mal às provocações. Chileno foi suspenso pelo mesmo motivo nas eliminatórias

Por da redação - 16 nov 2016, 15h16

O atacante Luis Suárez não teve uma noite feliz em Santiago nesta terça-feira. Além da derrota por 3 a 1 do Uruguai para o Chile, o atacante perdeu um pênalti e foi suspenso da próxima partida, em março do ano que vem, contra o líder da Brasil. O astro do Barcelona deixou o Estádio Nacional frustrado e respondeu mal à provocação dos chilenos: mostrou o dedo médio aos torcedores, um gesto que pode lhe render nova punição.

A imprensa do Chile recorda nesta quarta-feira que o chileno Eduardo Vargas foi suspenso por fazer gestos obscenos justamente contra a torcida uruguaia, na partida do primeiro turno, em Montevidéu. Agora, os chilenos aguardam a mesma rigidez da Conmebol em relação à estrela do Barcelona.

Chile e Uruguai vêm fazendo confrontos bastante tensos. Na Copa América do ano passado, o uruguaio Edinson Cavani foi expulso por reagir à “mão boba” do zagueiro Gonzalo Jara, que acabaria suspenso pela provocação. Nesta terça, Jara voltou a apalpar um uruguaio, Gastón Ramírez – desta vez de forma menos incisiva.

Publicidade