Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Sport derrota a equipe reserva do Coritiba por 3 a 2

Por Da Redação - 1 jul 2012, 19h13

Por Júlio César Lima

Curitiba – Com um time reserva, já de olho na decisão da Copa do Brasil, o Coritiba teve chance de golear, mas perdeu de virada por 3 a 2 para o Sport, neste domingo, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela sétima rodada no Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o time da casa com sete pontos, mais perto da zona de rebaixamento. Já o Sport, com oito pontos, ficou mais longe da área de descenso e ocupa posição intermediária na tabela de classificação.

O Coritiba iniciou a partida no ataque, sem dar chances para a defesa do Sport. Mesmo com uma equipe mista, o time da casa procurava a vitória e buscava o gol. A equipe pernambucana não conseguia equilibrar as ações e levou o primeiro gol aos 12 minutos, quando Anderson Aquino chutou bem após um passe de Tcheco no meio da área.

O Sport ainda estava fragilizado quando Tcheco ampliou aos 24 minutos. Lincoln cruzou e o meio campista apenas completou. Com a vantagem no placar, o time da casa deixou a marcação de lado e, aos 36, Marquinhos Gabriel tocou para Henrique no meio da zaga e o atacante do time pernambucano chutou sem defesa para o goleiro Victor Brasil.

Publicidade

Na segunda etapa, o Coritiba deu mais espaço ao Sport, que soube aproveitar. Aos 29 minutos, Marquinhos Gabriel recebeu passe de Willians e tocou sem chance para Victor Brasil. Com o empate, os paranaenses avançaram mais a marcação e chegaram a criar chances. Mas foram os pernambucanos, em um ataque e um toque de sorte, que chegaram à virada. Aos 42, Felipe Azevedo chutou forte, a bola bateu na trave e depois nas costas do zagueiro Lucas Claro antes de entrar e decretar a virada.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 x 3 SPORT

CORITIBA – Victor Brasil; Jonas, Lucas Claro, Demerson e Chico; França (Robinho), Sérgio Manoel, Tcheco e Lincoln; Anderson Aquino (Rafael Silva) e Marcel (Geraldo) Técnico: Marcelo Oliveira.

Publicidade

SPORT – Magrão; Moacir, Bruno Aguiar, Edcarlos e Reinalfo; Tosi, Rivaldo (Willians), Marquinhos Paraná (Rhitely) e Marquinhos Gabriel; Henrique (Roberson) e Felipe Azevedo. Técnico: Vágner Mancini.

GOLS – Andersdon Aquino, aos 12, Tcheco, aos 24, e Henrique, aos 36 minutos do primeiro tempo; Felipe Azevedo, aos 29, e Lucas Claro (contra), aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Rafael Silva (Coritiba); Edcarlos e Bruno Aguiar (Sport).

ÁRBITRO – Wilson Luiz Seneme (Fifa/SP).

Publicidade

RENDA – R$ 319.619,00.

PÚBLICO – 12.447 pagantes.

LOCAL – Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Publicidade