Clique e assine a partir de 8,90/mês

Sport bate Portuguesa e ganha fôlego no Brasileiro

Por Da Redação - 15 jul 2012, 20h55

Por Monica Bernardes

Recife – Em uma partida marcada por muitas falhas na defesa, meio de campo e diversas chances de gols perdidas (de ambas as equipes), o Sport venceu a Portuguesa por 2 a 1, neste domingo, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, na Ilha do Retiro, em Recife.

Com o resultado, a equipe pernambucana, agora com 12 pontos, subiu uma posição na competição, chegando ao 11.º lugar. A Lusa, com 15 pontos, permanece na 15.ª posição da tabela e próxima à zona de rebaixamento.

Jogando em casa, o Sport começou a partida pressionando o adversário. Nos primeiros cinco minutos, os rubro-negros impressionaram com jogadas rápidas pelo meio e pelas laterais. A reação da Portuguesa foi rápida.

A equipe, que até então jogava preparada para aproveitar os contra-ataques, estabeleceu a marcação homem a homem e dificultou a vida da equipe pernambucana. Na sequência, o time paulista passou a ter mais posse de bola e segurança na defesa, evitando a aproximação dos jogadores adversários. Para irritação da torcida, o Sport pecava por não pressionar a saída de bola dos zagueiros do time adversário.

Quando finalmente decidiu ir mais para frente, Henrique aproveitou uma bola mal afastada pela defesa da Lusa para soltar uma bomba, que desviou em um dos zagueiros adversários e pegou o goleiro Dida no contrapé, abrindo o placar, aos 16 minutos. Aos 21 minutos, o lateral-direito Luís Ricardo fez um bom cruzamento de longa distância, e Ananias cabeceou muito perto da trave esquerda da meta rubro-negra.

Aos 32 minutos, a Portuguesa voltou a apertar. Foi quando Moisés acertou uma bomba de fora da área e Magrão fez boa defesa. Na busca pela ampliação do placar, aos 41, Gilberto recebeu nas costas da defesa uma bola enfiada por Marquinhos Gabriel e mandou uma bomba no ângulo, balançando as redes. Mas a arbitragem invalidou, alegando impedimento.

No segundo tempo, foi a Portuguesa que começou avançando no campo adversário. Aos quatro minutos, Moisés tentou o drible em cima de Edcarlos. A bola bateu no zagueiro, mas acabou nas mãos de Magrão. Três minutos depois, novo sufoco. Marcelo Cordeiro lançou para Lima, que subiu e de cabeça e só não marcou porque Magrão fez uma grade defesa.

Aos 11, mais uma chance perdida da Portuguesa. Moisés levantou na área e Ananias cabeceou. Magrão foi no canto e fez mais uma bela defesa. Um minuto depois, o Sport respondeu. No contra-ataque, Gilberto rolou para Marquinhos Gabriel, que bateu livre, mas esbarrou na defesa de Dida.

E foi na base da insistência que, aos 23 minutos, Cicinho bateu forte cruzado e Dida espalmou. Gilberto pegou a sobra e fez seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, ampliando a vantagem da equipe pernambucana. E aí foi a vez de a Lusa dar o troco.

Aos 26 minutos, após cobrança de escanteio, Edcarlos afastou parcialmente. Moisés pegou bem na bola e mandou no ângulo, diminuindo a diferença. Depois disso, o jogo ficou bastante travado até o seu final.

Continua após a publicidade

Na próxima semana, as duas equipes jogam, na quarta-feira, pela 10.ª rodada do Brasileirão. O Sport enfrenta o Grêmio, no Olímpico. Já a Portuguesa entra em campo contra o Cruzeiro, no Canindé.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 x 1 PORTUGUESA

SPORT – Magrão, Cicinho (Moacir), Edcarlos, Ailson, Reinaldo, Tobi, Rithely, Renan Teixeira, Marquinhos, Gabriel, Gilberto (Roberson )e Henrique (Gilsinho). Técnico: Vágner Mancini.

PORTUGUESA – Dida, Luis Ricardo, Rogério, Gustavo Lima (Ferdinando), Marcelo Cordeiro, Guilherme, Léo Silva (Héverton), Moisés , Ananias e Ricardo Jesus (Diego Viana). Técnico: Geninho.

ARBITRAGEM – Evandro Rogério Roman (Fifa/PR).

GOLS: Henrique, aos 16 minutos do primeiro tempo; Gilberto, aos 23, e Moisés, aos 26 do segundo.

CARTÕES AMARELOS: Léo Silva (Portuguesa).

PÚBLICO: 17.382 torcedores.

RENDA: R$ 190.930.

LOCAL: Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Continua após a publicidade
Publicidade