Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Splitter, 1º brasileiro campeão da NBA, anuncia aposentadoria

Lesão no quadril antecipou fim da carreira do pivô de 33 anos

Primeiro brasileiro a se sagrar campeão da NBA, Tiago Splitter anunciou nesta segunda-feira a sua aposentadoria das quadras, aos 33 anos. Vencedor da principal liga de basquete do planeta em 2014, pelo San Antonio Spurs, o pivô explica que decidiu parar de jogar devido a uma lesão no quadril.

“Vou parar de jogar. É uma decisão que tomei nesses últimos meses, não é uma coisa que eu quero, mas a lesão que tive no quadril está sendo mais problemática do que achávamos. É um momento difícil porque você para de fazer uma coisa que fez a vida inteira. Conversei com minha família, minha esposa, todo mundo e, realmente, chegou o momento de pendurar o tênis”, revelou o jogador, que estava sem clube, em entrevista ao Sportv.

A grave lesão ocorreu em 2016. De lá pra cá, o atleta foi impedido de disputar os Jogos Olímpicos daquele ano e precisou operar. A recuperação se mostrou mais complicada do que o esperado e caso quisesse voltar a jogar, o brasileiro precisaria realizar uma nova intervenção.

“Quero estar no meio do basquete, que deu tudo para mim. Cresci no basquete como pessoa. Óbvio que tenho a educação da minha família, mas a quadra, o sacrifício diário, dedicação, o esporte me deu. Não só devo ao basquete, como quero continuar nesse meio.”

Splitter começou a carreira em 1999, vestindo a camisa do Ipiranga. Em seguida, jogou por nove anos no basquete espanhol, por Bilbao e Saski Baskonia, até chegar a NBA em 2010, já no San Antonio Spurs. Ele ainda defendeu o Atlanta Hawks e o Philadelphia 76ers, onde fez sua última partida da carreira, há dez meses.

Tiago Splitter, da seleção brasileira de basquete Tiago Splitter, pela seleção brasileira de basquete

Tiago Splitter, pela seleção brasileira de basquete (Reuters/VEJA)