Clique e assine com até 92% de desconto

Sob vaias, GP do Brasil pode terminar por tempo

Duas horas depois da largada, apenas 29 das 71 voltas foram percorridas. Chuva fez a corrida ser interrompida duas vezes

Por Da redação Atualizado em 13 nov 2016, 16h06 - Publicado em 13 nov 2016, 16h01

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, corre o risco de terminar por uma questão de

  • tempo, e não de voltas. A chuva que cai na capital paulista neste domingo deixou a pista escorregadia, especialmente no trecho final, e levou a organização do campeonato mundial de F1 a interromper a corrida duas vezes, com chamada “bandeira vermelha”. Até agora, foram percorridas 29 voltas, menos da metade do percurso total do grande prêmio, previsto para 71 voltas.

     

    As relargadas, em que o safety car (carro de segurança) entra na pista e vai à frente dos pilotos, não podem ser feitas indefinidamente, até que haja condições para correr. O limite para uma corrida da categoria é de duas horas. A largada ao Grande Prêmio do Brasil foi às 14h. Impaciente, a torcida brasileira no autódromo vaiou os pilotos.

    A corrida recomeçou às 16h02. A orientação a todos os pilotos é que eles retornem à pista com o pneu de chuva extrema.

    Continua após a publicidade
    Publicidade