Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sob os olhos de Juvenal, Luis Fabiano faz dois gols em jogo-treino

O anúncio de que Luis Fabiano participaria de um jogo-treino no CCT da Barra Funda fez até Juvenal Juvêncio aparecer nesta quinta-feira. Do banco de reservas do campo maior, o presidente deve ter gostado do desempenho do jogador mais caro da temporada no futebol brasileiro. O atacante fez dois gols.

Em atividade contra uma equipe que tinha como maioria atletas do sub-17 do elenco, quem está no elenco profissional e não foi titular contra o Corinthians venceu por 3 a 1 enquanto o astro estava em campo, com dois gols marcados pelo camisa 9, que esteve em campo por 57 minutos. Mas dificilmente enfrentará o Botafogo, no domingo, no Engenhão – o mais provável é que enfrente o Flamengo, no dia 2, no Morumbi.

Atuando em uma escalação que tinha, além dele, Léo, Jean, Xandão, Luiz Eduardo, Henrique Miranda, Denilson, Rodrigo Caio, Rivaldo, Marlos e Henrique, Luis Fabiano não começou tão bem, sendo desarmado até com facilidade por um dos zagueiros da equipe juvenil, que contava também com o goleiro Denis, o zagueiros Bruno Uvini e os atacantes Bruno Cantanhede e Willian José.

Na sequência, Juvenal Juvêncio, que viu o início da atividade batendo papo com o diretor de futebol Adalberto Baptista, observou o primeiro gol do jogo-treino marcado por Marlos, aproveitando cruzamento de Henrique Miranda. Mais tarde, Marlos ainda deu um toque de letra.

Para não deixar de ser o destaque, Luis Fabiano logo fez o que mais sabe: gols. E tinha em Rivaldo um grande parceiro para isso. O camisa 10 deu um lançamento preciso para o camisa 9 entrar livre na área e tocar na saída de Denis para balançar as redes e arrancar sorrisos de Juvenal, agora já sentado no banco de reservas.

Pouco depois, Rivaldo voltou a lançar o centroavante, que, desta vez, perdeu o domínio. Mais tarde, Henrique, craque, artilheiro e campeão do Mundial sub-20, perdeu a oportunidade de aparecer acertando a trave em jogada que não tinha goleiro.

A atividade teve um intervalo no qual Luis Fabiano ficou pouco tempo sentado no banco. Enquanto seus colegas estavam sentados, o camisa 9 logo se levantou, à espera do retorno do jogo-treino para mostrar serviço. E logo provou que estava pronto: aproveitou toque de Henrique, da linha de fundo, para balançar as redes de novo.

O terceiro gol de Luis Fabiano só não saiu porque ele, novamente sem marcação na área, encontrou uma grande defesa de Denis em seu chute e no rebote, de cabeça. Cansado, ele ainda esteve em campo para ver Ademilson fazer o único gol dos adversários no CCT da Barra Funda.

Mesmo sem ter se mexido tanto como na segunda-feira, quando marcou três gols, Luis Fabiano deixou o gramado bastante cansado, desgastado. Mas exaltando o tempo em que foi utilizado. ‘Foram 57 minutos’, disse, em suas únicas palavras no caminho para os vestiários do centro de treinamento.

Contratado por cerca de R$ 17 milhões em março e apresentado diante de 45 mil pessoas no Morumbi no mesmo mês, o centroavante ainda não reestreou pelo Tricolor por ter passado por duas cirurgias devido à lesão em tendão próximo ao joelho direito.Juvenal o quer em campo o quanto antes. Por isso, veio checar pessoalmente seu desempenho.