Clique e assine com até 92% de desconto

Slater sofre fratura, mas deve duelar com Medina no Havaí

Maior surfista da história revela ter sofrido lesão em dois dedos do pé esquerdo

Por Da Redação 5 nov 2014, 10h58

Terceiro colocado na classificação geral e ainda na briga pelo título do Circuito Mundial de Surfe de 2014, Kelly Slater deixou seus fãs preocupados nesta quarta-feira. O americano, considerado o maior surfista de todos os tempos, anunciou pelo Instagram – com direito a fotos de raio-x – que fraturou dois dedos do pé esquerdo enquanto surfava há alguns dias, em Fiji. Ele terá de ficar pelo menos três semanas afastado do mar. No entanto, o surfista de 42 anos acredita que estará pronto para da etapa que decidirá o título mundial, um troféu que ele já levantou onze vezes. O Pipe Masters, última etapa do WCT neste ano, acontecerá no Havaí, entre os dias 8 e 20 de dezembro.

Leia também:

Perto da glória, Medina já gosta de ser o ‘Neymar do surfe’

Medina não teme deixar título escapar: ‘Não sinto pressão’

Kelly Slater já trata Gabriel Medina como seu principal rival

“Quebrei meu segundo e terceiro dedo e também torci três ou quatro dedos do pé esquerdo surfando em Cloudbreak há dias atrás. Três semanas ou mais de recuperação em uma bota e mais algumas semanas de semanas de reabilitação, mas devo estar pronto para ir ao Pipe Masters” escreveu Slater, mostrando também o estado dos dedos e o inchaço na parte de dentro do pé esquerdo. Acostumado a decidir títulos mundiais no Havaí, Slater pretende aumentar sua soberania em Pipeline. O surfista está em terceiro na tabela, com 50.050 pontos, e vai precisar torcer contra o líder Gabriel Medina (56.550 pontos) e o segundo colocado Mick Fanning (53.100) na etapa decisiva.

Kelly Slater mostrou imagens de sua lesão no Instagram
Kelly Slater mostrou imagens de sua lesão no Instagram VEJA

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade