Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Site oficial de Loco Abreu publica abaixo-assinado de torcedores

O futuro de Loco Abreu está indefinido. O experiente atacante desperta interesse de diversos clubes do futebol brasileiro, como Goiás, Figueirense e Coritiba, mas a identificação com o Botafogo pode fazer com que ele continue em General Severiano. Uma prova disso foi um abaixo-assinado divulgado pelo site oficial do atleta.

O documento foi criado por torcedores de São Paulo do clube carioca, que não cogitam a saída do maior ídolo do Glorioso nos últimos anos. Abreu não vem sendo utilizado com frequência pelo técnico Oswaldo de Oliveira, que não considera o futebol do uruguaio adequado para o esquema tático implantado.

Leia a íntegra do documento:

”Pedimos encarecida e sucintamente à Diretoria do Botafogo de Futebol e Regatas que trate do caso do atleta Washington Sebastián Abreu de acordo como a instituição faz com seus principais ídolos. Estes são um patrimônio do clube. E inclusive servem de chamariz para potenciais novos atletas, que querem ser um novo Garrincha, Nilton Santos, Jairzinho. E, também, um ‘Loco’ Abreu.’

Loco Abreu tem sido um líder indiscutível, uma pessoa com comportamento exemplar, nos deu um título estadual de forma antológica, e se enrolou no pavilhão alvinegro após conquistar a Copa America pelo Uruguai. Ele colocou o nome e a marca do Botafogo no cenário internacional mais uma vez. Podemos discorrer sobre o carinho de sócios e torcedores, e o que ele ainda representa. Trata-se de uma pessoa singular cuja contribuição para o Botafogo – pelo que se enxerga de sua sagacidade e conhecimento do jogo – mal começou a ser vista. Por muito menos, outros foram tratados com uma lisura e respeito que talvez nem merecessem. E até aqui aplaudimos a Diretoria que sempre tratou o atleta como o ídolo que é, renovando uma nova geração de pequenos botafoguenses que, no Rio de Janeiro, tinham nele um exemplo a ser seguido. Basta inclusive ver seu ‘índice de aprovação’ com torcedores adversários também.

Agradecemos a entrega e dedicação no comando do Clube, pois é muito difícil gerenciar uma esquadra de futebol atualmente no nosso país, com seus vícios e práticas de gestão antiquadas, bem como fazer o que é certo dentro de nossa combalida situação fiscal. Cremos que, em longo prazo, o investimento num desfecho honroso para o caso Loco Abreu será de grande valia para a instituição.

Em curto prazo podemos ter uma melhora na performance da equipe, no ambiente, e maior tranquilidade no elenco.’