Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Sharapova sobre suspensão: ‘Bebi álcool como nunca na vida’

Russa se prepara para voltar às quadras após 15 meses de suspensão por doping. Antes, falou sobre sonho de ser mãe e rivalidade com Serena Williams

Por Da redação Atualizado em 30 jul 2020, 20h49 - Publicado em 17 mar 2017, 14h57

A tenista russa Maria Sharapova vive a expectativa por sua volta às quadras. Ela foi suspensa por 15 meses em janeiro de 2016 após testar positivo para a substância proibida meldonium. Em entrevista à revista americana Vogue, Sharapova, que poderá voltar a jogar em 26 de abril, contou sobre como passou o período de afastamento. E confessou que, em certos momentos, exagerou na bebida.

“Neste último ano, meu consumo de álcool foi muito maior que em toda a minha vida”, afirmou a atleta de 29 anos. “Mas isso é porque eu consegui ter, de fato, uma vida social”. A ex-número 1 do mundo passou o período de suspensão solteira, mas contou que reencontrou o ex-namorado, o tenista  búlgaro Grigor Dimitrov, para um jantar há dois meses, em Nova York. Eles não se viam desde o fim do relacionamento, em 2015.

  • Tenista Grigor Dimitrov e Maria Sharapova
    Grigor Dimitrov e Maria Sharapova Getty Images/VEJA

    “Fechamos um restaurante depois de falar por cinco horas. Ele era uma parte tão importante da minha vida, e ele é uma pessoa muito delicada e complicada. Foi tão bom sair apenas como seres humanos normais.”

    Sharapova também falou sobre o sonho de ser mãe. “Talvez eu seja um ser humano muito difícil. Eu realmente quero ter filhos, mas estou muito focada no meu trabalho, e honestamente, essa é uma grande razão pela qual muitos dos meus relacionamentos não deram certo.”

    Na longa entrevista, Sharapova, vencedora de 5 Grand Slams na carreira, também falou sobre sua rivalidade com a americana Serena Williams – que também namorou Dimitrov. A russa, porém, evitou confusão. “O respeito que tenho por ela como atleta é enorme.”

    Sharapova, porém, admitiu ter feito poucas amizades no circuito. “Passo o menor tempo possível no vestiário, porque tenho uma outra vida. Tenho família, amigos, e quanto menos tempo eu passo lá, mais energia tenho para eles. Eu sou respeitada pelo que eu faço na quadra, e isso é muito mais significativo para mim do que ver alguém dizendo que eu sou uma garota legal no vestiário”.

    Até o momento, Sharapova tem presença confirmada em três eventos de saibro – por ter ficado sem disputar torneios em uma temporada inteira, teve seus pontos no ranking zerados e só pode disputar campeonatos grandes por convite. Ela voltará às quadras em Stuttgart, no fim de abril, e também disputará competições em Roma e Madri.

    Continua após a publicidade
    Publicidade