Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Sete jogos abrem a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro

Entre os destaques, o Corinthians recebe o Botafogo; o Flamengo enfrenta o Palmeiras e o São Paulo pega o Internacional

Por Da Redação 12 out 2011, 07h32

Sete jogos nesta quarta-feira dão inicio a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Entre os destaques, o Corinthians tenta manter a liderança contra o Botafogo, no Pacaembu, às 21h50, o São Paulo recebe o Internacional na Arena Baueri, por causa do show do Eric Clapton, às 16h, e o Palmeiras vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo, às 21h50, motivado após vencer o Fluminense no final de semana.

Para conseguir a vitória sobre um dos melhores mandantes (Botafogo e Corinthians somaram mais pontos como anfitriões: 31), Caio Júnior, técnico da equipe carioca, confia no retorno de jogadores experientes. O uruguaio Loco Abreu e o argentino Herrera devem formar o ataque, mas Jefferson, na seleção brasileira, pode desfalcar a equipe. Além de Herrera e Loco, a única alteração com relação ao time que empatou com o Bahia, no último sábado, será a entrada de Alessandro na vaga de Lucas, suspenso, na lateral direita. No Corinthians, uma vitória mantém a equipe na liderança e quase elimina um concorrente direto ao título, o Botafogo está na 5ª posição, com 46 pontos e um jogo a menos. Tite já avisou que deixará Adriano, que estreou no final de semana, no banco, mas pode usá-lo nos minutos finais. O treinador se viu obrigado fazer ajustes na formação que gosta de usar (o 4-2-3-1). A principal mudança é colocar Alex mais centralizado, como um centroavante, mas com liberdade. Atrás dele fica Danilo, o meia armador, que tenta encaixar uma bola para Alex ou para os dois jogadores que atuam abertos: Willian e Jorge Henrique. No meio de campo, Moradei continua com a vaga de Ralf, que está na seleção brasileira. São Paulo e Internacional, às16h O Internacional começa a rodada como 7º colocado, com 43 pontos, e pode terminá-la no máximo em 6º, com 46, desde que vença seu jogo e o Fluminense, que tem 44, não ganhe do Coritiba. Na ausência do artilheiro Leandro Damião, afastado or contusão, e também do substituto Jô, suspenso, Dorival Júnior dará mais uma chance ao garoto Dellatorre, de 19 anos, que vinha se destacando nas categorias de base. Índio segue como titular na zaga, no lugar de Juan, que recupera o peso perdido durante uma amidalite. No São Paulo, o volante Wellington retorna à equipe após cumprir suspensão no empate com o Cruzeiro. Além de Lucas, Adilson Batista perdeu o lateral-direito Piris para a seleção paraguaia e o volante Denilson, suspenso. O técnico não revelou os substitutos, mas Rivaldo deve ser titular. Flamengo e Palmeiras, às 21h50 O jogo desta quarta pode marcar a volta de Kléber, que desfalcou a equipe nos últimos dois jogos com uma tendinite no joelho esquerdo. Quem tem o retorno garantido é Luan, suspenso contra o Santos. O lateral-direito Cicinho é dúvida, pois está recuperado de uma torção no tornozelo direito, mas pode ficar no banco. O goleiro Marcos mais uma vez será poupado e o volante Márcio Araújo está fora porque sua mulher vai fazer uma cirurgia e pediu para ficar em São Paulo e acompanhá-la. O time paulista embarcou para o Rio de Janeiro nesta quarta, depois que o volante João Victor foi agredido, na terça-feira. A única dúvida no Flamengo é Ronaldinho Gaúcho, que jogou na terça pela seleção, mas está voltando em um voo fretado. O meia deve começar no banco, dando chance para o argentino Bottinelli, autor de dois gols na vitória sobre o Fluminense Grêmio e Figueirense, às 16h Sem ganhar do Figueirense, no Olímpico há oito anos, o Grêmio conta com o retorno do meia Douglas e o atacante André Lima para o jogo desta quarta. A equipe começa a rodada na 10ª posição e pode subir até a 8ª. No Figueirense, o técnico Jorginho confirmou que Pablo ocupará a vaga do lateral-direito Bruno, suspenso, e Alísio entra no lugar do atacante Júlio Cesar, lesionado. O treinador ainda não decidiu que será o substituto do meia Maicon, suspenso. Avaí e Atlético-GO, às 16h Tentando sair da zona de rebaixamento, na 19ª posição, o Avaí recebe o Atlético-GO, 12º colocado, na Ressacada, às 16h. Sem divulgar o time, Toninho Cecílio, que está suspenso, informou que já tem a equipe definida, mas desconversa sobre a possibilidade dos atacantes titulares William e Robinho, então suspensos, voltarem à equipe principal. Para enfrentar o time catarinense, o técnico Hélio dos Anjos tem apenas um desfalque. O lateral-direito Rafael Cruz recebeu o terceiro cartão amarelo e será substituído por Adriano. América-MG e Ceará, às 16h Par ao jogo desta quarta-feira, em Sete Lagoas, Givanildo Oliveira, treinador do América-MG, contará com dois jogadores que eram dúvida até terça-feira: o atacante Kempes e o zagueiro Micão foram liberados pelo departamento médico. Entre os possíveis desfalques, o zagueiro Anderson está lesionado, e segue como dúvida, e o lateral Gilson, que está com tendinite, mas o treinador não descarta usar o jogador. O Ceará contará com a volta de Roger, Michel, João Marcos, Rudnei e Leandro Chaves, e o zagueiro Fabrício, com terceiro cartão amarelo, cede lugar para Thiago Matias. Bahia e Cruzeiro, às 21h50

Com a possibilidade de se distanciar da zona de rebaixamento e afundar outro adversário na briga contra a degola, o técnico Joel Santana esconde o time do Bahia que mandará a campo. Sem poder contar com o meia Carlos Alberto e com os dois laterais direitos que possui no elenco, Joel Santana deverá promover uma alteração no esquema tático da equipe. Sem vencer há nove partidas, Vágner Mancini deve manter a equipe que entrou em campo contra o São Paulo, na quarta. A diferença deve ser a troca de Farías por Wellington Paulista, que entrou no meio do jogo na última partida. (Com Agência Estado)

Publicidade