Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sesi é surpreendido em casa e perde 100% na Superliga Masculina

O estrelado time do Sesi não tem mais a campanha perfeita na Superliga Masculina de vôlei. Jogando dentro de casa, no ginásio da Vila Leopoldina, a equipe paulista, atual campeã, acabou sendo superada pelo BMG/São Bernardo por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 16/25, 25/23 e 25/23.

Com o resultado, a equipe fica com nove pontos na tabela de classificação, e deve perder a liderança no complemento da quarta rodada da competição. Já a equipe do ABC sobe para seis pontos.

Para o oposto Renan Buitatti, a forma como a equipe jogou essa partida deve ser o padrão para os próximos jogos. ‘É assim que sabemos jogar. Hoje foi muito bom, conseguimos acertar em tudo, deixamos de errar principalmente nos finais de set e conseguimos ter paciência para definir os pontos’, comemorou o camisa 14, que levou o troféu de melhor jogador da noite.

Quem se igualou ao até então líder foi o Minas Tênis Clube, que segue embalado. Em partida disputada na noite desta terça-feira, a equipe do levantador Marcelinho venceu o Montes Claros (MG) por 3 a 0 (parciais de 25-21, 25-20 e 25-19), no confronto entre mineiros da quarta rodada da competição.

Com o triunfo no jogo disputado na Arena Vivo, em Belo Horizonte, a equipe chegou à terceira vitória consecutiva do Minas Tênis, que havia passado por Londrina (PR) e Campinas (SP), nas rodadas anteriores.

Um pouco mais cedo, depois de três derrotas e todas por 3 sets a 0, a UFJF (MG) alcançou a primeira vitória na história do torneio. O time mineiro foi até a cidade de Volta Redonda (RJ), onde superou os donos da casa por 3 sets a 1 (25/20, 24/26, 25/19 e 25/23), em 1h58 de jogo, no ginásio da Ilha São João.

O levantador da UFJF Brasília, que já havia vestido a camisa do Volta Redonda, foi o destaque da partida. O maior pontuador do duelo foi o oposto Léo, do time mineiro, com 17 acertos.