Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Serena perde no US Open e deixa topo do ranking após 3 anos

Americana caiu na semifinal para a surpreendente Karolina Pliskova. Outra finalista será a alemã Angelique Kerber, a nova líder do ranking da WTA

O tênis feminino tem uma nova rainha. A americana Serena Williams perdeu na semifinal do US Open nesta quinta-feira e será ultrapassada pela alemã Angelique Kerber, que assumirá a liderança do ranking da WTA a partir da semana que vem. Serena, que liderava o ranking há três anos (exatas 168 semanas) foi surpreendida pela checa Karolina Pliskova, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (7/5), em 1h25min de partida.

Nishikori derruba Murray e chega à semifinal do US Open

Na final, Pliskova enfrentará justamente Angelique Kerber, que derrotou na outra semifinal a dinamarquesa Caroline Wozniacki por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. A nova número 1 do mundo vai disputar sua terceira final de Grand Slam na carreira – todas em 2016. A atleta de 28 anos iniciou a temporada com o título do Aberto da Austrália e foi vice-campeã em Wimbledon e também na Olimpíada do Rio de Janeiro.

Com a eliminação que lhe custou o topo do ranking, Serena, de 34 anos, perdeu também a chance de bater o recorde de semanas seguidas à frente da lista. Agora permanecerá igualada à alemã Steffi Graf, ambas com 186 semanas consecutivas na posição de número 1 do mundo.

A americana também perdeu a oportunidade de buscar seu sétimo título do US Open, que seria recorde, e de faturar um Slam pela 23ª vez, o que também seria uma nova marca histórica, superando Steffi Graf, que tem 22.

A tenista alemã Angelique Kerber vence Caroline Wozniacki no US Open e se torna líder do ranking mundial da WTA - 08/09/2016 (Robert Deutsch/Reuters)

(com Estadão Conteúdo)