Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem treino no campo, Muricy não confirma time para o clássico

O tempo chuvoso na Baixada Santista mais uma vez prejudicou o treino do Santos. Na manhã desta sexta-feira, no CT Rei Pelé, com os campos alagados, o técnico Muricy Ramalho optou por deixar os jogadores trabalhando na sala de musculação, o que impossibilitou testes na equipe, visando o clássico contra o São Paulo, domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no Morumbi. Sendo assim, Muricy preferiu não adiantar qual será o time que enfrenta o Tricolor, pelo Campeonato Brasileiro.

‘Temos mais um dia de trabalho, de recuperação, então temos que ter paciência. O que vai decidir a escalação é a parte física. Estamos olhando com cuidado isso em cada atleta. Nós ainda temos mais um dia, então vamos aguardar um pouco para definir quem vai para o jogo’, destacou Muricy, que espera o aval dos preparadores físicos do clube para um eventual retorno de Dimba e Borges, recuperados de lesão, no clássico.

Já o volante Arouca, que voltou a treinar com bola nesta quinta e também estava entregue ao departamento médico do clube, não deve mesmo enfrentar o São Paulo. ‘O Arouca começou a mexer com bola ontem (quinta-feira) e está cuidando do aspecto físico. Não adianta só o jogador estar recuperado da lesão, se ele não estiver fisicamente bem para atuar’, analisou.

Além desses problemas, o comandante alvinegro também não poderá contar com o jovem lateral direito Crystian, outro em recuperação de lesão. O lateral direito uruguaio Fucile e o meia Paulo Henrique Ganso, que recentemente fez uma artroscopia no joelho direito, têm realizado trabalho de fisioterapia no Cepraf (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação para Atletas de Futebol), mas ainda não reúnem condições de jogo.

O goleiro Rafael e o atacante Neymar, que defendem a Seleção Brasileira em amistoso contra a Argentina, neste sábado, em Nova Jersey (EUA), também são desfalques.

Outra ausência certa é o lateral esquerdo Juan. O jogador tem seus direitos federativos presos ao Tricolor Paulista e, por força de contrato, não pode enfrentar o rival. O veterano Léo pode ser deslocado do meio-campo e atuar em sua posição de origem, contra o São Paulo. Neste caso, o volante Éwerthon Páscoa, além dos meias Gérson Magrão e Felipe Anderson disputariam um lugar no meio. Outra opção é a manutenção de Léo na meia, com o jovem ala Paulo Henrique ocupando a vaga de Juan.

Desta forma, o Santos que deve ir a campo no domingo é o seguinte: Aranha; Maranhão, Edu Dracena, Durval e Paulo Henrique (Léo); Adriano, Henrique, Elano, Léo (Felipe Anderson, Éwerthon Páscoa ou Gérson Magrão) e Alan Kardec; Renteria.