Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sem títulos, Ricardo Winicki assume 1º lugar do ranking da vela

E na 49er FX, nova classe olímpica, Martine Grael também é a número um

Por Da Redação 4 fev 2014, 16h02

O Brasil agora tem dois líderes no ranking mundial da vela: na atualização desta semana da Associação Internacional de Vela (Isaf), Ricardo Winicki, o Bimba, pulou para o primeiro lugar entre os atletas da classe RS:X; e Martine Grael (filha do iatista bicampeão olímpico Torben Grael) é a primeira na classe 49er FX, nova classe olímpica. Curiosamente, Bimba lidera o ranking sem ter conquistado nenhum título. Nas competições que valem pontos, ele foi quarto no Mundial, terceiro no Campeonato Sul-Americano, e somou um segundo, um quinto e um sexto lugares em etapas de Copa do Mundo. O brasileiro fica na frente dos rivais porque foi a quatro competições que distribuem o limite de 200 pontos.

Leia também:

Governo divulga orçamento incompleto da Olimpíada

Orçamento da Olimpíada sobe a 7 bilhões de reais, diz comitê Rio 2016

Presidente do COI diz que o Rio ‘precisa se transformar’

Martine Grael
Martine Grael VEJA

Pelo este ranking da Isaf, ser último colocado numa etapa da Copa do Mundo como de Miami na RS:X vale 178 pontos (o vencedor ganha 200), e ser campeão continental dá ao atleta apenas 100 pontos. Nos EUA, Bimba brigava pela prata, mas acabou em quinto. “Fiquei um pouco frustrado pelo quinto lugar. Mas acabou sendo um resultado importante, porque me levou, pela primeira vez em 18 anos de carreira internacional, à liderança do ranking da Isaf. Isso foi maravilhoso”, disse Bimba

Ainda por este ranking, Robert Scheidt, campeão mundial e medalhista de prata nas duas etapas de Copa do Mundo que disputou, é apenas o 18º no ranking da Laser.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade