Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem Marcelo e Kaká, Real encara Lyon pelos 100% na Champions

Lyon (França)/Madri, 1 nov (EFE).- Com os desfalques de Kaká e Marcelo, o Real Madrid enfrenta o Lyon fora de casa, nesta quarta-feira, e espera manter 100% de aproveitamento na Liga dos Campeões frente a um adversário que, por muito tempo, atrapalhou os planos do clube merengue.

A chegada de José Mourinho ao Real na temporada passada começou a mudar o histórico desastroso do time com o Lyon. Derrotas dolorosas e até eliminações alimentaram uma maldição na qual o Real Madrid esteve estagnado por seis anos.

Um gol de Karim Benzema na casa do adversário que o projetou, no empate por 1 a 1, é o único fator positivo que o Real Madrid conseguiu em Gerland. Antes disso perdeu em três ocasiões.

A importância do treinador veio principalmente no aspecto psicológico, quando no mês de fevereiro significou o primeiro passo de uma caminhada até as semifinais contra o Barcelona.

Em sua segunda tentativa de conquistar o décimo título para o time merengue, Mourinho caminha firme para vencer em Lyon, garantir vaga às oitavas e, praticamente, o primeiro lugar.

Embalado em sua melhor sequência da temporada após conseguir oito vitórias consecutivas – seis na Liga e duas na Europa -, o Real Madrid chega confiante a Lyon.

O treinador não poderá contar com um dos grandes destaques da equipe, o meia Kaká. O brasileiro sofreu uma lesão muscular no último sábado, durante a vitória do Real Madrid por 1 a 0 sobre o Real Sociedad, e não treinou nesta semana.

Mourinho também não terá os laterais Marcelo e Arbeloa. O brasileiro machucou no último treino antes da viagem para Lyon, e o espanhol ainda não se recuperou da lesão no quadríceps esquerdo.

Apesar do turco Nouri Sahin ter se recuperado da lesão no joelho, o meio-campista não foi relacionado e segue aguardando para fazer sua estreia.

Retornam ao time Raúl Albiol e Esteban Granero.

O Lyon, que garantiu vaga às oitavas de final da Liga dos Campeões em suas últimas oito edições, espera que o estádio de Gerland continue não trazendo sorte ao Real.

Com a vitória sobre o time merengue, o Lyon daria um importante passo para a disputa pelo segundo lugar no grupo.

O grande problema do time francês está no departamento médico. Nele se encontram duas de suas referências no ataque, Michel Bastos, que sentiu dores na coxa direita na semana passada, e Lisandro López, com uma lesão no tornozelo. A eles somam Aly Cissokho, titular indiscutível na lateral esquerda, que no sábado passado sofreu uma lesão muscular na coxa direita.

As principais mudanças na equipe titular é a entrada de Dabo como lateral-esquerdo junto a Cris, já recuperado de uma lesão. Lacazette entrará no lugar de Michel Bastos.

No outro confronto do grupo D, o Ajax recebe o Dínamo Zagreb precisando da vitória para tentar se aproximar de uma das vagas para as oitavas.

Ocupando atualmente a terceira colocação da chave, com os mesmos 4 pontos do Lyon, a equipe holandesa quer tirar proveito da fragilidade do Dínamo, que ainda não pontuou na Liga dos Campeões.

Depois de vencer por confortáveis 2 a 0 o duelo entre as duas equipes, na terceira rodada, na Croácia, o Ajax espera não encontrar muita resistência de um time que praticamente deu adeus às chances de brigar até mesmo pelo terceiro lugar do grupo, que lhe valeria uma vaga na Liga Europa.

Possíveis escalações:

Olympique de Lyon: Lloris; Réveillère, Cris, Lovren e Dabo; Gonalons, Källstrom; Briand, Gourcuff e Lacazette; Gomis.

Real Madrid: Casillas; Sergio Ramos, Albiol, Pepe e Fabio Coentrão; Khedira, Xabi Alonso, Di María; Özil, Cristiano Ronaldo e Benzema.

Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA).

Estádio: Gerland. EFE