Clique e assine a partir de 9,90/mês

Sem Mancini, Rússia analisa Guardiola, Capello e outros 11 técnicos

Por Da Redação - 10 jul 2012, 13h38

A Federação Russa tem uma lista de 13 nomes de técnicos para assumir sua equipe nacional, sem um comandante desde a saída de Dick Advocaat, após a eliminação na fase de grupos da Eurocopa-2012. Entre os escolhidos, estão o ex-técnico do Barcelona, Pep Guardiola, além de Fabio Capello, que comandava a seleção inglesa, antes de entrar em choque com os diretores da federação do país.

Também são candidatos: Rafa Benítez, ex-Liverpool e Inter de Milão e desempregado desde o final de 2010, Marcelo Bielsa, em situação delicada com a diretoria do Athletic Bilbao, Marcelo Lippi, campeão mundial com a Itália em 2006, Harry Redknapp, que treinou o Tottenham na última temporada, além de Anatoliy Byshovets, Valery Gazzaev, Andrey Kobelev, Yuri Krasnozhan, Valery Nepomniaschy, Nikolai Pisarev e Yuri Semin.

Antes destes 13 nomes, o grande sonho da Rússia era trazer Roberto Mancini, atual campeão inglês. O inglês, embora contestado, anunciou nesta segunda-feira sua renovação de contrato com Manchester City, que agora é válido até o final da temporada 2016/2017. O planejamento é buscar um comandante e preparar a equipe para classificar-se à Copa do Mundo de 2014, a ser realizada no Brasil.

Publicidade