Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Sem jogar, Alison e Emanuel vão à final e garantem título antecipado

Por Da Redação 12 nov 2011, 22h49

Alison e Emanuel nem precisaram jogar para chegar à final da etapa pernambucana e garantir o título do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. Beneficiados por uma lesão do carioca Pedro Solberg, os atuais campeões pan-americanos avançaram à decisão deste domingo, contra Márcio e Benjamin.

Campeões da etapa de Santa Maria, Alison e Emanuel passaram a somar 3.160 pontos na temporada com a classificação para a final e não podem ser ultrapassados por nenhuma outra dupla, independentemente dos resultados da etapa de João Pessoa e Fortaleza do circuito.

‘Estou muito feliz com essa conquista. É o melhor ano da minha carreira. Nossa primeira temporada foi complicada, mas soubemos amadurecer com as dificuldades para nos tornar o que somos hoje. Vamos jogar a final e comemorar, pois trabalhamos muito para isso’, comentou Alison, que já havia sido campeão brasileiro em 2009, ao lado de Harley.

Já o experiente Emanuel chegou ao seu oitavo título nacional, depois de ganhar quatro vezes (em 2002, 2003, 2006 e 2008) com Ricardo, duas (1994 e 1995) com Zé Marco e uma (2001) com Tande. ‘Vencemos todos os títulos possíveis nesta temporada. Temos mais uma final pela frente agora. Depois, vamos comemorar esse ano espetacular, já que vencemos também Circuito Mundial, Campeonato Mundial, Jogos Pan-americanos e Rei da Praia, vencido pelo Alison’, disse.

No Recife, Alison e Emanuel derrotaram Moisés e Álvaro Filho neste sábado, por 2 sets a 0 (21/17 e 21/15). Como Pedro Solberg torceu o pé esquerdo nas quartas de final, quando ajudou o parceiro Ferramenta a ganhar de Oscar e Edson Felipe por 2 a 1 (21/18, 4/21 e 15/12), não foi necessário disputar a semifinal.

Continua após a publicidade

Os veteranos Márcio e Benjamin, adversários de Alison e Emanuel na decisão em Recife, superaram Jorge e Renatão, Ricardo e Pedro Cunha e Franco e Fred para chegar à final. A dupla faz a sua despedida nesta etapa do Circuito Brasileiro, pois Márcio passará a jogar com Pedro Solberg.

‘Queremos encerrar a dupla da melhor maneira possível. Teremos um jogo muito duro com o Alison e o Emanuel, que sobraram nesta temporada. Mas temos chances, fazendo a nossa parte. Já os vencemos duas vezes’, afirmou Benjamin, que procura um novo parceiro.

Feminino

Na disputa feminina da etapa pernambucana, as favoritas Juliana e Larissa derrotaram Val e Shaylyn na semifinal e classificaram-se para a decisão contra Ângela e Lili, algozes das irmãs Maria Clara e Carolina.

‘Estamos jogando muito bem nesta etapa. Entramos fortes em todos os jogos, com as adversárias exigindo bastante. Precisamos manter o ritmo na final e ter ousadia e sabedoria, pois são fatores que ganham títulos. A Ângela e Lili estarão muito motivadas pela primeira final, sem nada a perder, então devemos ficar atentas’, respeitou Juliana. Ao lado de Larissa, ela foi campeã de cinco das nove etapas já realizadas do Circuito Brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade