Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem esquecer arbitragem, Verdão já projeta revanche com o Grêmio

A noite de sono não fez os palmeirenses esquecerem Marcelo de Lima Henrique. Assim como já havia sido no Estádio Olímpico, após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, a atuação do árbitro carioca foi o principal assunto no desembarque da delegação alviverde na manhã desta segunda-feira.

Protagonista do lance de maior reclamação por parte do Verdão, o zagueiro Henrique não poupou críticas à arbitragem. Ele teria sofrido um pênalti de Gilberto Silva já nos acréscimos da partida. O Grêmio, por outro lado, teve penalidade a seu favor ainda no primeiro tempo, mas Léo Gago desperdiçou a cobrança ao acertar a trave.

‘O Maikon Leite tocou a bola e eu fui em direção a ela. Coloquei a perna na frente para dominar e o Gilberto Silva me chutou dentro da área’, recordou Henrique. ‘Teve um lance parecido contra a gente e deram pênalti. Não sei o que as pessoas têm contra o Palmeiras’, continuou reclamando.

Capitão da equipe desde a aposentadoria de Marcos, o volante Marcos Assunção também não ficou satisfeito com os critérios de Marcelo de Lima Henrique, mas preferiu não polemizar. ‘É ruim ficar falando do árbitro, vocês da imprensa estão vendo o que está acontecendo. Errar é humano, mas já faz um tempinho que só erram contra o Palmeiras. Mas isso aí a gente deixa para a diretoria comentar’, declarou o veterano.

E os dirigentes palmeirenses prometem protestar. Ainda em Porto Alegre, o gerente de futebol Cesar Sampaio avisou que vai formalizar as críticas e encaminhá-las a Confederação Brasileira de Futebol. O Verdão adotou postura parecida quando voltou de Coritiba após o empate por 2 a 2 com o Atlético-PR pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. À época, as reclamações eram por conta do segundo gol impedido dos rubro-negros, além de pênaltis não marcados em Cicinho e João Vitor.

‘Não gosto de levar para o lado emocional, mas as coisas vêm se repetindo, não sei se com todas as equipes. Dizem que erram contra todos e que todas as equipes teriam motivos para reclamar, mas os erros seguidos são só nos nossos jogos. Isso nos deixa indignados’, externou Cesar Sampaio.

Receoso com possíveis punições, o técnico Luiz Felipe Scolari preferiu não comentar a arbitragem em sua entrevista coletiva. Mesmo assim, cobrou atenção ao fato de o Grêmio ter tido árbitros cariocas apitando seus últimos jogos. O Palmeiras volta a Porto Alegre para enfrentar o Tricolor daqui duas semanas, mas pela Copa do Brasil.

‘Deu para tirar várias coisas . Agora muda tudo, são dois jogos de 90 minutos, mata-mata, mas deu para ver um detalhe ou outro, o que a gente pode fazer’, analisou o zagueiro Henrique.