Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Sem datas, Liverpool divide elenco para Copa da Liga e Mundial de Clubes

Clube inglês enfrentará o Aston Villa, dia 17 de dezembro, pelo torneio local, e, um dia depois, estreia na semifinal do Mundial no Catar

Por EFE - Atualizado em 5 nov 2019, 15h36 - Publicado em 5 nov 2019, 15h34

Problemas no calendário não são exclusividade do futebol brasileiro. O Liverpool anunciou nesta terça-feira, 5, que dividirá seu elenco, com parte dos jogadores enfrentando o Aston Villa, pelas quartas de final da Copa da Liga Inglesa, em 17 de dezembro, e os demais participando do Mundial de Clubes, no dia seguinte.

A diretoria inglesa desistiu da ideia de mudar a data da partida pela competição nacional, o que afetaria o restante do calendário. Com isso, o compromisso marcado para acontecer no estádio Villa Park, em Birmingham, fica mantido de acordo com a programação inicial.

“Utilizaremos duas equipes simultaneamente, uma no Mundial de Clubes e outra na Copa da Liga. O clube gostaria de ressaltar que esse não é o cenário ideal e que a decisão é resultado de buscar o melhor para as competições e para os demais clubes”, afirmou o Liverpool, em nota.

O clube não revelou como será a divisão do elenco, mas a expectativa é que seus principais nomes viajem para o Mundial de Clubes no Catar, título que o Liverpool não possui – perdeu para Flamengo, em 1981, Independiente, em 1984, e São Paulo, em 2005; em 1977 e 1978, anos em que também foi campeão europeu, optou por não participar do torneio, então conhecido como Intercontinental

Publicidade

A edição de 2019 acontecerá no Catar e a estreia do Liverpool na semifinal está marcada para o dia 18, contra o vencedor do duelo entre Hienghene Sport, da Nova Caledônia (campeão da Oceania) e o Al Sadd, campeão do Catar e representante do país sede. O campeão da Libertadores, que tem River Plate e Flamengo como finalistas, jogará no dia 17, contra o vencedor de Espérance de Tunis, da Tunísia, e o campeão asiático, que pode ser o Urawa Red Diamonds, do Japão, ou o Al-Hilal, da Arábia Saudita.

Publicidade