Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sem coletivo, Muricy confirma titularidade de Elano em coletiva

Por Da Redação 13 dez 2011, 09h01

Mesmo sem comandar treinos coletivos em solo japonês, Muricy Ramalho não tem dúvidas para escalar o Santos na semifinal do Mundial de Clubes, nesta quarta-feira, às 8h30 (de Brasília), diante do Kashiwa Reysol. Depois de definir Durval como titular pela lateral esquerda, com Léo no banco, o treinador confirmou que o meia Elano começará jogando.

‘O Elano chega bem. É claro que não teve muito tempo para se preparar. Assim como o Léo, ele teve azar de se machucar poucas semanas antes de embarcarmos. Foi uma contusão séria, e ele jogou só dois jogos depois. Mas não sente mais nada, ao contrário do Léo’, explicou o comandante, em entrevista coletiva antes do treino de reconhecimento do gramado do Toyota Stadium, palco do jogo.

Elano sofreu lesão na parte posterior da coxa direita durante a reta final do Campeonato Brasileiro e, após se recuperar, foi titular nas últimas duas rodadas do torneio, contra Bahia e São Paulo (quando marcou um gol de falta). O corte do volante Adriano, que precisou operar o tornozelo direito, ajudou o camisa 8 a retomar seu espaço. Muricy, porém, aponta a bagagem dele como fator importante.

‘A parte física não está 100%, mas ele se recuperou bem e mostrou no treinamento que pode ajudar, por isso vai para o jogo. E tem experiência também, é um jogo internacional’, acrescentou o comandante alvinegro, que só ensaiou o time no Japão em atividades de dois toques, sem confrontar titulares e reservas para evitar desgastes e lesões.

O Peixe vai brigar por uma vaga na decisão do Mundial com a seguinte formação: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Bruno Rodrigo e Durval; Henrique, Arouca, Elano e Ganso; Neymar e Borges.

Continua após a publicidade
Publicidade