Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem atletas do Barça, López sai do banco para Espanha vencer Sérvia

Sem jogadores do Barcelona, a atual campeã europeia e mundial precisou de um reserva para vencer uma seleção que não está na Eurocopa. Neste sábado, Adrián López, atacante do Atlético de Madri, entrou no intervalo e participou dos dois gols da vitória da Espanha por 2 a 0 sobre a Sérvia, em amistoso disputado na Suíça.

Depois de ver a Fúria perder muitas oportunidades no primeiro tempo, López aproveitou sua chance para abrir o placar em cabeçada aos 18 minuto da etapa final. Aos 27, o atacante sofreu pênalti cometido por Ivanovic. Cazolra cobrou e sentenciou o triunfo.

A Espanha começa a defender seu título na Eurocopa, que será disputada na Ucrânia e na Polônia, em 10 de junho, diante da Itália, na cidade polonesa de Gdansk. Presente no grupo B, a seleção vencedora da última Copa do Mundo ainda enfrentará a Irlanda no dia 14, também em Gdansk, e a Croácia no dia 18, em Poznan, fechando a primeira fase.

A expectativa é que o desempenho seja melhor com a chegada dos jogadores que defenderam o Barcelona na final da Copa do Rei, nessa sexta-feira. Os catalães bateram o Athletic Bilbao por 3 a 0 e conquistaram o título no último jogo sob o comando de Pep Guardiola.

O jogo – A Espanha impôs sua esperada supremacia desde o primeiro minuto, quando Negredo teve seu chute defendido pelo goleiro Kahriman. O lance mostrou o que seria o primeiro tempo do confronto.

Com sua característica posse de bola, os espanhois dominavam o amistoso e, com persistência, criavam boas oportunidades. Como aos 27 minutos, quando Xabi Alonso quase encobriu Kahriman, ou em arremates perigosos de Negredo e Juanfran.

Apesar da superioridade ibérica, o time que balançou as redes no primeiro tempo foi a Sérvia. Mas o gol foi invalidado porque a arbitragem apontou impedimento de Lekic ao desviar chute cruzado de Kolarov no meio da área.

No intervalo, o técnico Vicente Del Bosque manteve sua observação no elenco e fez mudanças, como a entrada de Adrián López. E foi nos pés do atacante que, enfim, a Espanha impôs sua supremacia no placar: o jogador do Atlético de Madri aproveitou cruzamento de Jesus Navas e testou nas redes.

Aos 27 minutos, depois de novas mudanças na Fúria, Adrián López entrou na área e caiu após choque com Ivanovic. Cazorla, um dos poucos jogadores da Espanha que atuaram em toda a partida, não arriscou e bateu no meio do gol. Depois disso, o time só tocou a bola, como gosta, se poupando para mais amistosos antes da Euro.