Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Seleção reconhece má fase e dificuldade da vaga olímpica

Por Da Redação 13 nov 2011, 13h09

A derrota da Seleção Brasileira feminina de vôlei para o Japão neste domingo expôs novamente a má fase que a equipe vive durante a Copa do Mundo, torneio que dá três vagas para as Olimpíadas de Londres-2012. As próprias jogadoras reconheceram que não estão atuando bem e sabem que garantir antecipadamente um lugar nos próximos Jogos Olímpicos é tarefa complicada.

‘Nossa equipe não vive a melhor fase, mas temos um grupo forte. Nós vamos conseguir superar esse momento. Também não podemos tirar os méritos das japonesas que tiveram uma boa atuação’, disse a capitã Fabiana.Apesar da confiança da jogadora na força do grupo da Seleção, o técnico José Roberto Guimarães acredita que o banco de reservas da equipe lhe oferece poucas opções para alterar o estilo de jogo do Brasil ao longo de uma partida, como neste domingo.

‘As japonesas foram melhores no segundo e no terceiro sets. O jogo poderia ter sido mais longo se tivéssemos vencido a primeira parcial. Não aproveitamos bem os contra-ataques e estamos sem muitas opções de troca no banco’, avaliou o treinador.

Com o resultado deste domingo, o Brasil soma cinco vitórias e três derrotas na Copa do Mundo do Japão e ocupa a sexta colocação, com 12 pontos ganhos. A Seleção encerra sua participação na competição em partidas contra Argentina, Argélia e República Dominicana.

O revés diante do Japão por 3 a 0 foi o segundo consecutivo da equipe nacional, que no dia anterior caiu também sem marcar sets para a Itália. A outra derrota na Copa do Mundo foi na estreia, para os Estados Unidos.

‘Essa competição mostrou que precisamos trabalhar ainda mais para conseguir o nosso objetivo. Temos um grupo unido e vamos lutar para terminar bem o torneio’, contornou a líbero Fabi.

Continua após a publicidade
Publicidade