Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seleção holandesa ouve gritos racistas em treino na Polônia

Durante treino da seleção holandesa na Polônia, visando a estreia na Eurocopa-2012, parte dos cerca de 25 mil torcedores que acompanhavam a atividade proferiram gritos racistas, imitando macacos. O fato gerou incômodo no elenco, mas a federação holandesa não fez uma reclamação formal à Uefa, que disse nesta sexta-feira estar ciente dos problemas acontecidos.

‘Nós todos ouvimos gritos de macaco. Não podemos aceitar isso. Se durante a competição algum de nós sofrer algo deste tipo, vamos imediatamente ao árbitro e pedir que ele tome uma atitude’, avisou o meio-campista e capitão Mark Van Bommel, que foi treinar com o time do outro lado do campo após o problema.

O racismo é um dos problemas que a Uefa tenta combater nesta Eurocopa. O presidente da entidade, Michel Platini, informou que haverá pouca tolerância a este tipo de incidente. Segundo o ex-jogador da seleção francesa, os árbitros estão autorizados a paralisar a partida, caso aconteçam problemas deste tipo.

Em meio à situação com a torcida polonesa, a Holanda se apronta para debutar na Euro-2012. Atual vice-campeã mundial, a Laranja Mecânica está no Grupo B, com Alemanha, Portugal e Dinamarca, primeira rival na competição. O jogo de estreia está marcado para acontecer neste sábado, às 13 horas (de Brasília), na Ucrânia.