Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seleção começa a chegar à China em voo com argentinos

Primeiros atletas desembarcaram em Pequim para o Superclássico, no sábado

Cinco dos 23 atletas convocados por Dunga para os próximos compromissos da seleção brasileira desembarcaram em Pequim na manhã desta segunda-feira (fim de tarde na China). Na capital chinesa, a equipe enfrenta a Argentina no sábado, dia 11, pelo Superclássico das Américas. Em seguida, viajam rumo a Cingapura, onde encaram o Japão em jogo amistoso, no dia 14.

Leia também:

Dunga convoca Kaká de última hora. E São Paulo reclama

Ramires é cortado e Dunga convoca Souza, do São Paulo

Mário? Que Mário? Del Nero desconhece novatos do Brasil

CBF atrapalha 11 partidas no Brasil – mas Dunga bate o pé

O goleiro Jefferson, do Botafogo, o zagueiro Gil e o volante Elias, ambos do Corinthians, e os atacantes Robinho, do Santos e Diego Tardelli, do Atlético Mineiro, além de Dunga, Gilmar Rinaldi e outros membros da comissão técnica, saíram de um voo em São Paulo no domingo, fizeram escala em Dubai e desembarcaram na China depois de quase 24 horas de viagem.

“A viagem foi cansativa, mas o fato de estar defendendo a seleção brasileira é suficiente para superar essas dificuldades. Ainda mais sabendo que jogaremos contra a Argentina”, disse Diego Tardelli na chegada ao hotel da seleção em Pequim. Por coincidência, os brasileiros dividiram o avião com parte da delegação argentina. O encontro entre os rivais aconteceu na segunda etapa da viagem, entre Dubai e Pequim.

No saguão do aeroporto na China, os atletas foram recebidos calorosamente por torcedores. O mais assediado foi o atacante Robinho. O elenco deverá estar completo apenas na manhã de quarta. Os últimos a chegar serão Souza, Kaká, Juan e Rômulo, chamados para substituir os cortados Ramires, Ricardo Goulart, Marquinhos e Fernandinho, além de Marcelo Grohe, convocado por precaução (o goleiro titular Jefferson que ainda não se recuperou totalmente de uma lesão no dedo, mas segue com o elenco).

(Com agência Gazeta Press)