Clique e assine com até 92% de desconto

Seleção chora e transparece temor por eliminação após nova derrota

Por Da Redação 1 ago 2012, 20h24

A segunda derrota consecutiva nos Jogos Olímpicos de Londres-2012 deixou as atletas da Seleção Brasileira feminina de vôlei desconsoladas. Com olhos marejados após chorarem, as jogadoras tentaram encontrar explicação para o revés diante da Coreia do Sul por 3 sets a 0, mas revelaram temor em não passar nem da primeira fase da competição.

Medalha de ouro em Pequim-2008, a Seleção sofreu duas derrotas em três partidas nas Olimpíadas de Londres-2012 e corre risco de não avançar às quartas de final. Se não vencer a China nesta sexta-feira, o Brasil pode chegar à última rodada já sem chances de classificação.

‘Não tem palavras, não tem o que explicar, parece que acontece algum apagão em alguns momentos. A gente tem que se ajudar, pensar nos últimos dois jogos. É difícil falar isso depois de perder por 3 a 0, mas tem que engolir o choro e ir para o pau’, disse, com a voz embargada, a ponteira Jaqueline ao ‘Sportv’.

O Brasil ainda não conseguiu se apresentar em alto nível nas Olimpíadas. Na estreia contra a Turquia, a equipe venceu apenas por 3 sets a 2. Na sequência, derrotas para os Estados Unidos e para a Coreia do Sul, em que os diversos erros e a apatia foram as marcas do time em quadra.

O Brasil soma apenas dois pontos em três partidas disputadas nos Jogos Olímpicos, ocupando a quinta colocação do Grupo B, à frente apenas da Sérvia, que não soma nenhum. Os Estados Unidos lideram a chave com nove pontos, seguidos por China e Coreia do Sul, ambas com seis, e Turquia, com quatro pontos.

‘Tem que levantar a cabeça. Temos dois jogos pela frente e tem que lutar enquanto estiver vestindo esta camisa, defender o Brasil da melhor maneira possível. O jogo contra a China é difícil, mas enquanto tiver chance de se classificar, a gente vai lutar’, apontou a líbero Fabi.

Continua após a publicidade
Publicidade