Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Schumacher não está em estado vegetativo, diz assessora

Ela também negou que a mulher do ex-piloto estivesse construindo uma ala médica de mais de R$ 35 milhões em sua casa na Suíça para receber o marido

Por Da Redação 3 abr 2014, 13h03

O heptacampeão da Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher, em coma há três meses por causa de um acidente de esqui sofrido nos alpes franceses, no dia 29 de dezembro, não está em estado vegetativo, segundo assegurou Sabine Kehm ao site da revista Bild. “Só posso dizer outra vez que há sinais encorajadores”, disse a assessora de Schumacher e porta-voz da família.

Leia também:

Médico avisa: fãs de Schumacher devem se preparar para ‘o pior’

Schumacher apresenta ‘sinais encorajadores’, diz a família

Schumacher ‘continua em fase de despertar’, diz assessora

Continua após a publicidade

Justiça arquiva a investigação do acidente de Schumacher

Massa visitou Schumacher. ‘Falei com ele, contei histórias’

Sabine também negou que a mulher de Schumacher tenha mandado construir uma sala com estrutura médica em sua mansão na Suíça, a um custo superior a 12 milhões de euros (mais de 37 milhões de reais), para recebê-lo quando sair do hospital, como publicou o jornal britânico The Sun. “Os rumores de que Corinna reformou sua casa para levar Michael diante de uma suposta situação de não haver mais esperanças são absolutamente infundados.” Ela disse que a única reforma que está sendo feita na casa é para abrigar o pai do ex-piloto, Ron.

Schumacher está internado no Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, na França, desde o dia 29 de dezembro de 2013. Em estado grave, o alemão segue em coma após ter sofrido uma grave queda enquanto esquiava na estação de Meribel.

(Com agência Gazeta Press e EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade