Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Schumacher diz que ainda é ‘muito bom’, mas não tanto ‘como antes’

Paris, 23 jun (EFE).- O heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, afirmou em entrevista divulgada neste sábado pelo jornal esportivo ‘L’Équipe’ que, embora não esteja no nível que o levou a ser o maior detentor de títulos da categoria, ainda se considera ‘muito bom’.

‘Sou tão bom como antes? Sem dúvida que não. Continuo sendo bastante bom? Provavelmente sim’, disse o piloto alemão, de 43 anos e em uma fase de sua vida na qual diz que trabalha ‘mais metodicamente do que antes’.

Schumacher acrescentou que, embora continue a tentar superar seus limites, com a idade obteve a ‘paciência para compreender quando algo é possível e quando não’. Mesmo assim, ele disse que ganhar ainda é seu ‘objetivo supremo’.

‘Se você consegue vencer com estilo e elegância, isso certamente é um adicional. Mas se seu estilo é excelente e o leva ao segundo lugar, então prefiro o traje de vencedor’, afirmou.

Dono de uma longa carreira que teve sua fase dourada entre 1994 e 2006, o alemão reconheceu que, embora as pessoas possam ver ‘com bons olhos’ o fato de ele ainda estar em atividade, essa não é essa sua única intenção.

‘Não estou aqui simplesmente por estar. Ganhar o título não é algo que vai acontecer nesse ano, mas quero vencer corridas’, declarou. EFE