Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sauber descarta contratar Barrichello para 2014

Por Da Redação 5 out 2013, 11h45

Dois dias após cogitar a possibilidade de contratar Rubens Barrichello, a Sauber recuou neste sábado e descartou um futuro acerto com o brasileiro. O anúncio foi feito pela própria chefe de equipe, Monisha Kaltenborn, no paddock de Yeongam, onde será disputado no domingo o GP da Coreia do Sul.

“Estou descartando a possibilidade de ele pilotar para nossa equipe. Acho que é melhor deixar isso claro”, declarou Monisha, sem esconder a preocupação com a repercussão gerada por suas declarações, na quinta-feira.

A possibilidade de contar com Barrichello foi levada a sério pela imprensa por causa da experiência do brasileiro, o piloto com maior número de corridas disputadas na categoria, e em razão dos patrocinadores que chegariam à Sauber em razão da nova contratação. O brasileiro teria cerca de US$ 15 milhões em patrocínio para negociar com a Sauber.

Monisha, porém, tratou de descartar a possível negociação. A chefe de equipe disse que preferiu se antecipar publicamente por ter muito respeito pelo brasileiro. Apesar disso, a Sauber ainda não confirmou sua dupla de pilotos para 2014. É certo apenas que contará com o jovem russo Sergey Sirotkin, que conta com apoio dos investidores da equipe. O futuro deNico Hülkenberg e Esteban Gutierrez, atuais pilotos da Sauber, ainda não está definido.

Barrichello, por sua vez, veio a público na noite de sexta para confirmar seu interesse em voltar à F1. “Muito legal toda a repercussão da história da F1. A verdade é uma só: se a porta se abrir, estou dentro…”, declarou, em seu perfil no Twitter. O brasileiro, porém, não citou o interesse da Sauber.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade