Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo empata com a Chapecoense no Morumbi lotado

Cuevas marcou dois gols e evitou um vexame ainda maior do clube paulista

Diante de quase 55.000 torcedores, o São Paulo empatou em 2 a 2 com a  Chapecoense neste domingo, no Morumbi. O time paulista se mantém longe do G4, a meta neste Brasileirão. Quinta-feira, o São Paulo volta a jogar no Morumbi. Encara o embalado Atlético-MG. Já a Chapecoense, 11ª colocada, terá pela frente na quinta o líder Palmeiras.

Edgardo Bauza resolveu “homenagear” Centurión, que está de malas prontas para o Boca Juniors, e escalou o argentino como centroavante. Deixou o recém-contratado Chavez no banco. Queria aproveitar a empolgação do jogador mostrada nos trabalhos da semana.

Atrás, Lugano e Maicon transmitiam a certeza de segurança defensiva. Mas a confiança no paredão ruiu com menos de 15 minutos. Em dois cruzamentos da esquerda, Kempes, de cabeça, aos 5, e William Thiego, aos 11, abriram interessante vantagem de 2 a 0 no placar. Denis nada pôde fazer nas jogadas, após ver seus marcadores perdidos nos dois lances. Lugano deixou Martinuccio cruzar no primeiro gol e Maicon chegou atrasado na hora de cortar no segundo.

O São Paulo, que pouco produziu, desceu para o vestiário sob intensa vaia. Somente aos 15 minutos da segunda etapa Cueva marcou o primeiro gol são-paulino.  A pressão foi enorme até o fim. E o empate saiu aos 40, em cobrança de pênalti de Cueva. Josimar havia tocado a mão na bola. Denis ainda salvou o time de vexame aos 42 ao defender o chute do artilheiro Bruno Rangel, e aos 48, em chute de Hyoran.