Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo promete criar favoritismo dentro de campo diante do Goiás

Na próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), o São Paulo inicia a disputa por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil diante do Goiás, no estádio do Morumbi. O Esmeraldino conquistou o título do Campeonato Goiano no último domingo e, mesmo sendo uma equipe da Série B do Brasileirão, é respeitado pelo Tricolor. Na visão do meia Cícero, inclusive, esse fator estimula sua equipe a redobrar a atenção.

Depois de eliminar a Ponte Preta com uma vitória por 3 a 1 dentro de casa, na última semana, o São Paulo ganhou a sexta-feira e o domingo de folga, trabalhando apenas no sábado pela manhã. O grupo se reapresentou na chuvosa tarde desta segunda, no CT da Barra Funda, para movimentações com bola e um treino coletivo que definiu as entradas de Jadson e Paulo Miranda no time titular.

Enquanto isso, em Belo Horizonte, o Goiás eliminou o Atlético-MG da Copa do Brasil na quarta, com uma derrota por 2 a 1 aliada a uma vitória por 2 a 0 no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Nesse mesmo palco, no último domingo, a equipe carimbou o título do Campeonato Goiano com mais um empate diante do Atlético – desta vez o Goianiense – e chega com moral ao Morumbi.Adotando o discurso de que o futebol é uma ‘caixinha de surpresas’, Cícero elogiou a equipe do Goiás, mas rejeitou o rótulo de favorito: ‘Todos nós sabemos que a pressão maior é em cima do São Paulo, pela grandeza, mas o favoritismo você cria dentro de campo. Agora tem que ter respeito. Se você não fizer poder merecer não existe essa favoritismo. Eles vão vir motivados porque um título faz isso com qualquer clube, a confiança deles está lá em cima

‘Por ser um time de Série B você tem que estar mais atento ainda. Eles não subiram no ano passado, mas estão tentando formar um time para subir esse ano. Quando encarou o Atlético-MG, o Goiás teve uma força impressionante no Serra Dourada. No futebol brasileiro, e mundial também, tudo é possível’, discursou o camisa 16 do Tricolor em respeito ao Goiás, que tenta o acesso pelo segundo ano consecutivo.

São Paulo e Goiás já se cruzaram na Copa do Brasil de 2011, na fase de oitavas de final. Sob o comando de Paulo César Carpegiani, o Tricolor eliminou o Esmeraldino com duas vitórias por 1 a 0. Na ida, no Serra Dourada, Dagoberto marcou o único gol e, na semana seguinte, no Morumbi, repetiu a dose para eliminar a equipe então comandada por Artur Neto.

O lateral direito Douglas, reforço do São Paulo para 2012, fez parte do elenco profissional do Goiás nas últimas três temporadas – além de outras sete na base, mas esteve lesionado nos confrontos do ano passado e pede pés no chão para o Tricolor, sabendo que a partida tem importância grande no Serra Dourada: ‘A partida a gente joga dentro de campo. Ontem o Goiás foi campeão e nós temos que colocar o pé no chão, temos que manter o mesmo foco, objetivo, para buscar o resultado dentro de casa’.