Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo anuncia a demissão de Emerson Leão

Diretoria demitiu o treinador após oitos meses e nenhum título

O técnico Emerson Leão deixou o comando do São Paulo nesta terça-feira após reunião com o presidente Juvenal Juvêncio. O próprio treinador confirmou sua saída em entrevista no CT da Barra Funda. De acordo com Leão, sua demissão foi definida em um encontro que não durou nem um minuto. O nome do seu substituto ainda não foi definido.

“Fui até o presidente, que disse: ‘Leão, nós vamos encerrar aqui’. Eu respondi: ‘Muito obrigado, não temos mais o que conversar’. Só resta a parte burocrática, o que não deve ser tratado com o presidente. Não durou nem 1 minuto, deu 30 segundos”, afirmou. Foi a segunda passagem de Leão pelo São Paulo, a primeira foi entre 2004 e 2005. O treinador assumiu o comando da equipe em outubro de 2011 e sai após 26 vitórias, 12 derrotas e seis empates, sem nenhum título. No ano passado, não conseguiu classificar o time para a Libertadores no Campeonato Brasileiro e também não teve êxito na Copa Sul-Americana. Em 2012, após a reformulação do elenco, o desempenho não melhorou. Leão teve divergências com a diretoria, que barrou o zagueiro Paulo Miranda. Além disso, o time caiu nas semifinais do Campeonato Paulista, ao ser vencido pelo Santos, e da Copa do Brasil, na semana passada, quando foi eliminado pelo Coritiba. A última partida Emerson Leão na equipe paulista foi no sábado, quando o São Paulo perdeu para a Portuguesa por 1 a 0, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, sob protestos dos torcedores no Canindé. “Estou saindo bem sereno. Fui contratado para dois meses e fiquei oito”.