Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São-paulino é detido após matar galinha para provocar corintianos

A cena aconteceu antes da goleada do Tricolor por 4 a 0 sobre o rival

A Polícia Militar deteve neste sábado um torcedor do São Paulo momentos antes do clássico contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, no entorno do Morumbi. O são-paulino foi preso por ter matado uma galinha em frente ao ônibus que levava a delegação do time alvinegro ao estádio, no momento de sua chegada. O caso ocorreu cerca de uma hora e meia antes da partida.

A PM já passou a ocorrência para o Jecrim (Juizado Especial Criminal), que pode indiciar o torcedor com base na Lei 9.605/98, referente a maus-tratos com animais. A pena pode ser superior a um ano, além de prever multa. O nome do torcedor ainda não foi revelado.

O clássico deste sábado ocorre com torcida única, sem a presença de torcedores do Corinthians. A medida foi solicitada em abril pelo Ministério Público de São Paulo, após episódios de violência em um clássico entre o time alvinegro e o Palmeiras, e foi acatada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e pela Secretaria de Segurança Pública.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Nossa, que perigoso criminoso. Matar jovem torcedor com um sinalizador não tem problema, pois ninguém foi punido. Agora, matar uma galinha é hediondo. Espero que ele seja condenado a pelo menos 30 anos de cadeia. Falta do que fazer, hein PM ? Fala sério.

    Curtir