Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

São Caetano não segura vantagem e cede empate no fim ao CRB

Por Da Redação - 19 jun 2012, 23h08

O São Caetano saiu na frente duas vezes, mas não conseguiu segurar a vantagem aberta diante do CRB nesta terça-feira. A equipe do ABC Paulista levou o empate dos alagoanos aos 46 minutos do segundo tempo, e saíram do Estádio Rei Pelé com a amarga igualdade de 2 a 2 no placar.

Com o ponto somado, o São Caetano chega aos 11 na competição e se mantém próximo do pelotão de frente da tabela de classificação. O CRB, por sua vez, vai aos sete conquistados no torneio e segue beirando o rebaixamento.

O Jogo -A partida entre as duas equipes não empolgou a torcida de ambos os clubes e foi decidida apenas em lances de desatenção dos zagueiros. Mesmo com o equilíbrio do confronto, o São Caetano conseguiu se destacar aos 17 minutos e garantiu o primeiro gol do duelo com um pênalti cometido sobre Diego Corrêa. Na cobrança, Marcelo Costa tirou do goleiro e colocou o Azulão à frente.

Atrás no marcador, o CRB passou a buscar o jogo e encontrou dificuldades para furar o bloqueio dos paulistas no primeiro tempo. Em sua única grande chance, o goleiro Fábio pulou bem e defendeu o tiro de Carlos Magno de fora da área, aos 29 minutos.

Publicidade

O apito do árbitro levou as duas equipes para os vestiários, mas não mudou o panorama da partida. Os times continuavam se comportando da mesma maneira no segundo tempo e se mostraram satisfeitos com o empate obtido pelos alagoanos logo aos três minutos da etapa complementar. Elsinho aproveitou o a indecisão dos marcadores dentro da área e pegou a sobra para decretar a igualdade.

No entanto, a partida guardava um dos seus melhores momentos para um conhecido jogador do futebol brasileiro. Rodado por diversos clubes do País, o atacante Somália entrou em campo aos 21 minutos para substituir Leandrão no setor ofensivo. Em sua primeira chance no ataque, o jogador aproveitou o cruzamento rasteiro de Geovane e empurrou para as redes para recolocar o time do ABC Paulista na dianteira.

O gol anotado por Somália deu o fôlego que o São Caetano precisava e deixou o time com liberdade para administrar o resultado. Apesar de sua boa atuação no meio-campo, o Azulão não contava com uma falha do goleiro Fábio aos 46 minutos do segundo tempo. O arqueiro saiu mal em um cruzamento para dentro da área e não alcançou a bola, dando a oportunidade que o zagueiro Rodrigão precisava para cabecear firme e salvar sua equipe de uma nova derrota na competição.

Publicidade