Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Santos não consegue acordo e encerra de vez as negociações por Alex Silva

Por Da Redação 14 fev 2012, 15h59

A novela envolvendo a possível ida do zagueiro Alex Silva para o Santos teve um novo final nesta terça-feira. Mas, ao contrário do que desejava a direção do Peixe, o desfecho foi idêntico ao dos capítulos anteriores, com o clube não conseguindo acertar a contratação do defensor do Flamengo.

Os santistas já tinham desistido por duas vezes de manter tratativas com a cúpula rubro-negra a respeito da situação de Alex Silva. Porém, com a insistência do técnico Muricy Ramalho no tema, a diretoria alvinegra voltou a negociar nesta segunda.

Com um acerto salarial fechado com o defensor, restava ao Santos alinhavar os detalhes do acordo com o Flamengo. Os cariocas, que em um primeiro momento se mostraram irredutíveis quanto ao empréstimo gratuito de Alex Silva e pretendiam receber R$ 1 milhão do Peixe, mudaram de postura e aceitavam liberar o jogador sem ônus nenhum ao time paulista.

No entanto, para que as novas condições fossem aceitas, Alex Silva deveria abrir mão do salário de janeiro, além de outros valores financeiros. O atleta também teria que retirar a ação judicial que está movendo contra o clube da Gávea, o que acabou não agradando o jogador e contribuindo para sua negativa.

Desso modo, o presidente santista, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, confirmou o fim das negociações. ‘Tentamos, mas não chegamos a um acordo. O Alex Silva não vem mais’, resumiu o mandatário, em contato com a reportagem da Gazeta Esportiva.Net.

Sem o tão aguardado reforço para a zaga, o Alvinegro Praiano agora deve definir a lista de inscritos para a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Na expectativa por um acerto com Alex Silva, o Santos havia segurado a relação e, desta forma, estourou o prazo estipulado pela Conmebol.

A entidade que organiza a Libertadores prevê que cada equipe deve entregar a lista de 25 atletas até 48 horas antes da sua estreia na competição. O Peixe joga contra o The Strongest (Bolívia), nesta quarta, a partir das 19h45 (horário de Brasília), em La Paz. Sendo assim, a cúpula santista deveria ter enviado a listagem até o final desta segunda.

Como excedeu o prazo, a direção alvinegra terá de pagar uma multa de US$ 5 mil (cerca de R$ 8,6 mil) à Conmebol pelo descumprimento das regras gerais previstas no regulamento da Copa Libertadores.

Continua após a publicidade

Publicidade