Clique e assine a partir de 8,90/mês

Santos empata com Inter, mas renova Muricy

Por Da Redação - 15 jul 2012, 18h53

Após o empate sem gols com o Internacional, na tarde deste domingo, no Beira-Rio, o técnico Muricy Ramalho confirmou a sua permanência no Santos até o fim de 2013. O contrato atual previa que o treinador comandasse o time até o final deste ano.

TABELA: Confira os resultados da 9ª rodada do Brasileirão 2012

Segundo Muricy, todos os detalhes do acordo foram ajustados e falta somente a assinatura do novo vínculo com o Peixe. “Já está praticamente renovado. Está tudo acertado, falta apenas colocar no papel”, afirmou o comandante santista, na saída do gramado.

Para o técnico, as condições de trabalho oferecidas pelo time alvinegro e o bom relacionamento que mantém com a direção foram decisivos para a decisão de prorrogar por mais um ano a sua continuidade no cargo.

“Sei do momento do Santos e, por conta disso, não pedi nada de exagerado. No Santos, nós temos um ambiente excelente, uma estrutura muito boa e eu acredito na diretoria. Não quero sair tão cedo de lá”, resumiu Muricy Ramalho.

Desde abril do ano passado na Vila Belmiro, o treinador conquistou três títulos desde que chegou ao Peixe: foi duas vezes campeão paulista (2011 e 2012) e faturou a Copa Libertadores da América no último ano.

Santos e Internacional na 9ª Rodada do Campeonato Brasileiro
Santos e Internacional na 9ª Rodada do Campeonato Brasileiro VEJA

Queixa da arbitragem — Para Muricy Ramalho, o Santos poderia ter saído de campo vitorioso neste domingo, mas a arbitragem atrapalhou o time. “Era para a gente ganhar. Os principais jogadores deles estavam fora, assim como os nossos, mas estivemos melhores em campo. O problema é que a arbitragem se mete demais. O juiz não ia expulsar, aí deram uma pressão no bandeira e ele entrou nessa, deu o vermelho para o Juan. Nos prejudicaram demais”, disse Muricy após o jogo, visivelmente irritado com a conduta do trio de arbitragem.

Com nove pontos ganhos no Brasileirão, o Santos volta a campo diante do Botafogo, na próxima quarta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

(Com agência GazetaPress)

Continua após a publicidade
Publicidade