Clique e assine com até 92% de desconto

Santos busca somente um lateral-direito para 2012

Por Da Redação 22 dez 2011, 07h56

Por Daniel Akstein Batista

São Paulo – Ao contrário dos seus rivais paulistas, a diretoria do Santos está satisfeita com o elenco que tem nas mãos e não fala em trazer grandes reforços para a próxima temporada. Mesmo com as críticas à defesa durante toda a temporada, os dirigentes garantem que o elenco precisa apenas de alguns ajustes para tentar conquistar a Copa Libertadores novamente em 2012.

“Uma posição que precisamos contratar é a lateral direita, é uma coisa óbvia”, disse o gerente de futebol Pedro Conceição. O último dono da posição foi Danilo, que será o único jogador a deixar o clube após o vice-campeonato no Mundial de Clubes da Fifa, no Japão – vai defender o Porto, de Portugal. “Só precisamos de umas contratações pontuais, nada mais”.

O cartola avisa que a derrota na final contra o Barcelona não muda o pensamento da diretoria para a próxima temporada. “A história do Santos não começa nem termina neste Mundial”, afirmou Pedro Conceição.

Após o desembarque no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (região metropolitana de São Paulo), na última terça-feira, o elenco entrou em férias. Os jogadores que atuaram como titulares no Japão só voltarão aos trabalhos no próximo dia 20, um dia antes da estreia no Campeonato Paulista contra o XV de Piracicaba e os reservas começarão os treinamentos 10 dias antes.

“Nosso objetivo é fazer uma pré-temporada decente, nem que isso signifique jogar as primeiras partidas do Estadual com o time reserva”, declarou Pedro Conceição.

A estreia dos titulares deve ser apenas na segunda quinzena de fevereiro, já na Copa Libertadores – o time estreia contra um rival boliviano, ainda a ser definido. Os outros adversários do grupo serão o Juan Aurich, do Peru, e o vencedor do duelo pela fase preliminar entre Internacional e um time da Colômbia.

Continua após a publicidade
Publicidade